Artilheiro da Copinha enaltece equipe, aposta em boa campanha na Suburbana, mas pode estar de saída

Jhoni Ribas (10) recebendo passe: meia pode estar de saída
Jhoni Ribas (10) recebendo passe: meia, artilheiro da competição, pode estar de saída

A Copa de Futebol Amador da Capital teve o meia Jhoni Ribas, 23 anos, como artilheiro. Foram nove gols, todos em cobranças de falta ou de pênalti, como o que abriu a vitória de 4 a 1 sobre o Uberlândia na decisão da competição. A pontaria e eficiência do camisa 10 ajudaram a equipe alvirrubra a desenrolar partidas difíceis e a construir o melhor ataque da competição.

Jhoni projeta a Suburbana com base no time que fechou a Copinha com bastante otimismo. “Graças a deus, a equipe se portou dentro de campo, mostrou raça, união e saiu com o titulo. Nosso time tá bem tá forte e se manter o elenco, vai forte para a Suburbana”, afirmou logo após da partida.

Porém, o Novo Mundo poderá ter outro camisa 10 na competição que começa em julho. “Seu Ivo [Petry, treinador da equipe e uma espécie de manager no Novo Mundo] está vendo algumas propostas para mim”, revelou.

Uma dessas propostas, caso aceita, fará o meio-campista trocar a Arena Vermelha pelo Germano Krüger para fazer parte do time profissional sub-23 do Operário de Ponta Grossa nas disputas da Taça FPF, competição que vale vaga na Série D de 2017. Outro jogador que tem proposta para tomar o mesmo rumo é o atacante Fernandinho, que na decisão saiu do banco para marcar o último gol do jogo. Os dois chamaram a atenção do Fantasma de Vila Oficinas nos amistosos entre as duas equipes realizados recentemente.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: