Brasil domina lista de 30 clubes mais valiosos da América

Pelo segundo ano consecutivo, a Forbes do México apontou o Corinthians como o time mais valioso do continente (André Romeu / Vipcomm)
Pelo segundo ano consecutivo, a Forbes do México apontou o Corinthians como o time mais valioso do continente (André Romeu / Vipcomm)

 

O Brasil dominou a lista dos 30 clubes mais valiosos das Américas. A lista foi divulgada nesta semana pelo site da edição mexicana da revista Forbes, especializada em riquezas das celebridades, colocou 11 times brasileiros entre os mais valiosos do continentes. Para completar, os três primeiros colocados são todos brasileiros: Corinthians, Grêmio e Palmeiras, todos donos de novas arenas. O balanço levou em conta o valor dos estádios, dos plantéis e das marcas. Todos os 30 clubes somados foram avaliados em US$ 4,76 bilhões. Para efeitos de comparação, o Real Madrid, mais bem avaliado do mundo, teve valor fixado em US$ 3,44 bilhões.

Time mais valioso das Américas, o Corinthians foi cotado em US$ 579,9 milhões impulsionado pelo novo estádio, pelo plantel relativamente caro e pelos bons contratos comerciais com a Nike, fornecedora de material esportivo, e a Caixa Econômica Federal. O Grêmio, segundo colocado com US$ 354,4 milhões, também foi destacado por seu estádio e tem como valorizador de sua marca ter cerca de 8 milhões de torcedores. Completando o pódio, o Palmeiras, também dono de novo estádio. O Alviverde Paulista foi avaliado em US$ 343 milhões e, no que pese a falta de bom desempenho recente, foi destacado pelo contrato de naming Rights do Allianz Park.

Outros brasileiros na lista dos 30 mais são o Internacional (6.º), o São Paulo (10.º), Atlético Paranaense (11.º), Santos (12.º), Flamengo (17.º), Cruzeiro (18.º), Atlético Mineiro (20.º) e Fluminense (22.º).

Confira a lista completa dos 30 times mais valiosos do futebol das Américas (valores em milhões de dólares):

1.º Corinthians (Brasil) – 579,9

2.º Gremio (Brasil) – 354,4

3.º Palmeiras (Brasil) – 343

4.º Chivas Guadalajara (México) – 279,3

5.º New York Red Bulls (Estados Unidos) – 250,5

6.º Internacional (Brasil) – 241,7

7.º América (México) – 231,5

8.º Sporting Kansas City (Estados Unidos) – 229,1

9.º Los Angeles Galaxy (Estados Unidos) – 207,6

10.º São Paulo (Brasil) – 188,4

11.º Atlético Paranaense (Brasil) – 181,2

12.º Santos (Brasil) – 170,3

13.º Santos Laguna (México) – 146,2

14.º Boca Juniors (Argentina) – 119,8

15.º Deportivo Cali (Colômbia) – 119,3

16.º River Plate (Argentina) – 114,5

17.º Flamengo (Brasil) –  91,3

18.º Cruzeiro (Brasil) – 88

19.º San Lorenzo (Argentina) – 82,7

20.º Atlético Mineiro (Brasil) – 81

21.º Seattle Sounders (Estados Unidos) – 80,6

22.º Fluminense (Brasil) – 79,9

23.º Cruz Azul (México)  – 66,3

24.º Tigres (México)  – 65

25.º Montreal Impact (Canadá, mas joga a MLS dos EUA) – 63,7

26.º Independiente (Argentina) – 63,3

27.º Tijuana Xolos (México) – 63,2

28.º Emelec (Equador) – 62,1

29.º Columbus Crew (Estados Unidos) – 60,3

30.º Monterrey (México) – 56,3

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: