#BrasileirãoFreak – 04/12

E chegamos ao fim da temporada do #BrasileirãoFreak. Se semana passada foi o fim da B, com nosso balanço, agora é a hora de passar a conta na Série A. Vamos aos números no clima de Natal (um calor, né, pois Rio Grande do Norte é quente).

Série A

* O Palmeiras fechou com 80 pontos, o que dá 4 pontos a mais que a Média Inglesa.

* Outro reflexo de concentração de pontos em cima da tabela é que o Grêmio fez G4 com 66. O São Paulo foi quinto com 63, que era nossa projeção de G4.

* O Atlético-MG fez G6 com 59 pontos, um a mais que a projeção de 58 pontos.

* Lá embaixo, o Vasco se salvou com 43 pontos, dois a menos que os 45 projetados. Mais pontos em cima e menos embaixo. Foi um Brasileirão mais concentrado que a média.

* Palmeiras e Atlético-PR fecharam sem perder nas últimas cinco rodadas.

* Vitória e Paraná fecharam sem vencer nas últimas cinco rodadas.

* O campeão Palmeiras e o lanterna Paraná tiveram o mesmo número de empates, 11, e foram simétricos em vitórias e derrotas (23 e 4).

* Com 18 gols, Gabriel Barbosa, artilheiro da competição, terminou no mesmo patamar de Toninho Guerreiro do Santos do Robertão 1968. Bebeto do Vasco de 1992, Fred do Fluminense de 2014, e a dupla Jô do Corinthians e Henrique Dourado do Fluminense, ambos de 2017. Ele fez o mesmo número de gols de todo o time do Paraná. Foi a primeira vez desde o biênio 2010 (Jonas pelo Grêmio) e 2011 (Borges pelo Santos), ambos com 23, que terminamos dois anos seguidos com o artilheiro repetindo o número de gols dos artilheiros do ano anterior.

Série B

Já encerramos na semana passada… O balanço está na coluna passada.

Freakadas Alheias

Use a tag #BrasileirãoFreak no Twitter e corra o risco de aparecer aqui, mas só na próxima temporada. Nesta semana, ninguém teve a coragem de fazer isso e agora só aparece lá quando começar a próxima edição.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: