#BrasileirãoFreak – 05/07

A bola rolou novamente nesta semana o que significa mais um #BrasileirãoFreak no ar! A Série A tem 13 rodadas disputadas, mais de um terço, enquanto que a Série B completou 14. Tendências começam a se desenhar, mas nota-se ainda pouco espaço entre o topo e a base das tabelas, como se esperava mesmo. Vamos aos números:

Série A

* O líder Palmeiras precisa de apenas 17 pontos para se garantir na Série A de 2017. A equipe é a única dentro da margem de aproveitamento que propicia superar ou igualar a média inglesa no fim da disputa.

* O saldo de gols palmeirense (+16) é superior ao número de gols marcados pelo Internacional, quinto colocado, que balançou as redes 15 vezes.

* A distância entre o G4 é o Z4 permanece de oito pontos. Não há nenhum buraco, diferença maior de três pontos, na tabela.

* A melhor série recente de cinco partidas pertence ao Atlético-MG (9.º), com quatro vitórias e um empate.

* O artilheiro Gabriel Jesus, do Palmeiras, tem mais gols, dez, que todo o time do lanterna América-MG, nove.

* Jogador em destaque, Gabriel Jesus fez 21 finalizações corretas, o que significa que, para cada gol, ele precisa finalizar corretamente 2,1 vezes para superar os goleiros.

Série B

* Nenhum time atualmente tem aproveitamento de campeão (que chamamos de média inglesa).

* Ceará (3.º), 3 v/2 e, e Paysandu (14.º), 2 v/3 e, são os únicos com série invicta nas últimas cinco partidas. Atlétic0-GO-, Paraná e Avaí, caso não percam seu próximo jogo, repetem esta marca.

* Há 14 pontos entre o G4 e o Z4, mas nenhum buraco na tabela.

* Artilheiro com nove gols, Nenê do Vasco é o terceiro jogador que mais finaliza certo, com 18 finalizações certas, o que significa aproveitamento de 1/2. Nesta estatística, ele atrás de Léo Arthur, do Oeste, que finalizou 22 vezes e fez quatro gols (precisão de 2/11), e de Rafael Costa, do Paysandu, que finalizou 20 vezes e fez também quatro gols (precisão sobe para 1/5).

Freakadas Alheias

Nesta semana, não se usou a tag #BrasileirãoFreak no twitter para aparecer aqui. Mas a gente não desiste e pede sua participação para algum dado que achar pertinente, ou não.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: