#BrasileirãoFreak – 29/11

Após uma semana no estaleiro, o #BrasileirãoFreak está de volta. Série A já tem campeão e a definição da última rodada é por posições dentro do G6 e a última vaga na Série A de 2017. A Série B acabou no último fim de semana, então faremos a análise dos números finais. Porém, com este texto pronto, tivemos a infeliz notícia do acidente aéreo na Colômbia que vitimou a delegação da Chapecoense. Por isso, esta coluna está de luto e muito do escrito foi alterado e colocado em condicional, pois até o momento a final da Copa do Brasil foi adiada e agora, 11h30, a última rodada foi adiada para dia 11 de dezembro. Neste momento duro, nossa solidariedade às vítimas, amigos e familiares, seja da Chapecoense, da Fox, da RBS, da RIC-TV Chapecó, da mídia local e nacional. #ForçaChape

Série A

* Campeão, o Palmeiras chegou aos 77 pontos. Isso significa que rompeu a Média Inglesa, que é de 76 pontos. Ninguém mais passará está medida, que geralmente aponta uma meta de pontos para um time ser campeão nos pontos corridos.

* Se o Atlético Mineiro promover uma reviravolta na Copa do Brasil, o G6 vira G7 e quem se garante são Atlético Paranaense e Botafogo com o Corinthians brigando pela última vaga com o próprio Grêmio. Caso o Grêmio mantenha a vantagem, o G6 se mantém e Atlético Paranaense, Botafogo e Corinthians brigam por duas vagas. A final encontra-se adiada e esta rodada decisiva será jogada dia 11 de dezembro.

* Na briga contra a degola, Vitória está quase livre e o Sport depende dele mesmo. Pior para o Internacional, que precisa vencer e torcer contra os rubro-negros do Nordeste para evitar o inédito rebaixamento.

* O Flamengo, perto de confirmar o vice-campeonato, é o único invicto nas últimas cinco rodadas, com 2 vitórias e 3 empates. Foram nove pontos. O Palmeiras chegou ao título faturando dez dos últimos 15 pontos, vencendo três, empatando uma e perdendo outra.

* Atlético Mineiro (3e-2d), Botafogo (3e-2d) e Fluminense (2e-3d) não vencem há pelo menos cinco rodadas.

Régua dos Pontos

77 a 80: Palmeiras

70 a 73: Flamengo

68 a 71: Santos

62 a 75: Atlético-MG

56 a 59: Atlético-PR, Botafogo

55 a 58: Corinthians

53 a 56: Grêmio

52 a 55: Chapecoense

50 a 53: Ponte Preta

49 a 52: São Paulo, Fluminense

48 a 51: Cruzeiro

46 a 49: Coritiba

45 a 48: Vitória

44 a 47: Sport

42 a 45: Internacional

37 a 40: Figueirense

31 a 34: Santa Cruz

28 a 31: América-MG

Série B

* O Campeão Atlético Goianiense fez exatos 76 pontos, atingindo em cheio a Média Inglesa.

* Lá em maio, cravamos que o acesso com quatro times ficaria rondando os 63 pontos. Foi exatamente a pontuação do Bahia, quarto colocado e último a subir.

* Por outro lado, o score para se salvar do rebaixamento foi baixíssimo, 41 pontos. Isso aponta para concentração de pontos na parte de cima e para muitos times empatando.

* Os resultados mais repetidos, 22 vezes, foram vitórias do Atlético Goianiense e derrotas do rebaixado Bragantino.

* O Oeste foi o time que mais empatou, 17 vezes. Por outro lado, o Náutico ficou apenas seis vezes em igualdade.

* A artilharia ficou com o rodado Bill do Ceará, cujo retorno ao Coritiba é especulado neste momento.

* Dois dos quatro melhores ataques, Atlético-GO e Bahia, significaram acesso.

* Três dos quatro piores ataques, Joinville, Bragantino e Sampaio Corrêa, caíram para a Série C.

* O Oeste foi disparado o time que mais passou, com 20221 passes completados, cerca de 8 mil a mais que os colocados seguintes. Porém, teve o 17.º pior ataque, com 32 gols, mesmo número que o rebaixado Joinville e mais apenas que os rebaixados Bragantino e Sampaio Corrêa. Jogo burocrático.

Freakadas Alheias

Nesta semana, não se usou a tag #BrasileirãoFreak no twitter para aparecer aqui. Mas a gente não desiste e pede sua participação para algum dado que achar pertinente, ou não.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: