#BrasileirãoFreak – 30/04

A bola já rolou! Sendo assim, é hora de começarmos a temporada do #BrasileirãoFreak. Toda terça-feira, alguns números sobre a Série A e a Série B do Brasileirão.

O nome da coluna vem de uma hashtag que foi usada no twitter. E justamente a hashtag #BrasileirãoFreak segue como maneira de você entrar em contato com a coluna.

Como apenas uma rodada foi jogada, esta coluna de estreia na temporada é uma espécie de apresentação, principalmente de termos que serão muito usados por aqui.

Média Inglesa

Vamos falar bastante disso. A Média Inglesa é um número que serve para medir aproveitamento das equipes e, em competições de pontos corridos, costuma dizer com boa precisão quanto se precisa para ser campeão e se a competição é equilibrada ou não.

A Média Inglesa é calculada da seguinte maneira: um time campeão em média alcança pontuação de quem vence todas em casa e empata todas fora, isto é dois terços dos pontos. Sendo assim, as duas divisões do Brasileirão têm 76 pontos como Média Inglesa.

O Palmeiras venceu a Série A do ano passado com 80 pontos, quatro acima da Média Inglesa. Na Série B, com mais equilíbrio, o Fortaleza fechou com 71 pontos, cinco abaixo. Note que ambos rondaram os 76 pontos. Campeonatos mais equilibrados têm campeões abaixo da marca e menos equilibrados têm acima da marca.

Acesso e Libertadores

Usamos com referência para o acesso os 63 pontos. Geralmente os times promovidos ficam nesta faixa, mas há casos em que há desvio para mais ou para menos. Ano passado, o Goiás subiu com 60 pontos, três a menos. A situação mais extrema foi 2012, com o último promovido, o Vitória, fazendo impressionantes 71 pontos, isto é, quase a Média Inglesa do campeão. O Goiás, num campeonato com ponteiros polarizados, foi campeão naquele ano com 78 pontos.

Para a Libertadores, nossa marca de referência co G-6 é de 58 pontos. Ano passado o Atlético Mineiro ficou em sexto com 59 pontos. O grupo da Libertadores pode ser estendido por causa da Copa do Brasil, Sul-Americana e da Libertadores, que podem jogar uma vaga até no nono colocado.

Rebaixamento

Consideramos como referência 45 pontos para a salvação. Ano passado, o Vasco se salvou na A com 43 pontos. Na B, o Oeste se salvou da degola com 46 pontos. Note que é sempre rondando este número.

Régua dos Pontos

A partir do segundo turno, teremos a Régua dos Pontos. É um diagrama que mede quantos pontos cada equipe pode chegar ao fim da competição e que aponta situações definitivas.

Freakadas Alheias

Use a tag #BrasileirãoFreak no Twitter e corra o risco de aparecer aqui na próxima edição. Neste tempo entre o fim da Série A e agora, ninguém teve a coragem de fazer isso.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: