Guia da Rodada do Paranaense – Volta da Final e 6.ª do Torneio da Morte

pr2015

 

Chegou a hora do último ato do Campeonato Paranaense de 2015. Por volta das 20h30 de sábado, teremos decidido o último rebaixado do Paranaense. Por volta das 18 horas de domingo, caso não haja pênaltis, teremos o grande campeão do 101.º Campeonato Paranaense. Façam suas apostas e preparem-se para este Guia, o último desta competição:

Final

Tabela do mata-mata do Paranaense. Clique para ver em tamanho maior
Tabela do mata-mata do Paranaense. Clique para ver em tamanho maior

 

CoutoPereira

Domingo, 3 de maio – 16 horas – (0) Coritiba x Operário (2) – Major Antônio Couto Pereira, Curitiba

Televisionamento: Globo-RPC, Band-Tarobá, Premiere.

Arbitragem: Rafael Traci, Moisés Aparecido de Souza, Luciano Roggenbaum

Da última vez: Jogando no Germano Krüger, o Operário abriu uma vantagem substancial. O Fantasma mostrou mais consistência e chegou à vitória com gols de Peixoto e Joelson, ambos em jogadas saídas do lado direito do ataque princesino, ponto forte da equipe. Operário 2 x 0 Coritiba.

Desta vez: Título inédito do Operário após 14 vices ou a 38.ª do Coxa? o jogo começa com a primeira hipótese. Resta saber se o Operário resistirá e investirá nos contra-ataques ou se sucumbirá como o Londrina nas semifinais. No mata-mata, sempre que jogou fora, os pontagrossenses arrancaram empates, seja na base da defesa sólida e até certa catimba (contra o Paraná) ou dando as cartas em alguns momentos (contra o Foz). Atração do jogo são os retornos dos artilheiros: Rafhael Lucas do Coritiba, após lesão, e Douglas do Operário, após suspensão. O Fantasma pode perder por até um gol de diferença que levanta a taça. Vitória do Coxa por dois gols leva para os pênaltis. Título do Coritiba no tempo normal só com uma goleada por três ou mais gols de diferença.

 

Torneio da Morte

GigantedoItiberê

Sábado, 2 de maio – 18h30 – (3.º) Rio Branco x Prudentópolis (4.º) – Fernando Chaburb Farah (Gigante do Itiberê/Caranguejão), Paranaguá

Televisionamento: nenhum.

Arbitragem: Ronaldo Parpinelli, Júlio César de Souza, João Vagner Cavalari.

Da última vez: Foi um jogo movimentado em Prudentópolis pela segunda rodada no dia 8 de abril. Luisinho e Kal marcaram para o Prude e Henrique e Marcos Túlio fizeram o gol do Leão da Estradinha. Prudentópolis 2 x 2 Rio Branco.

Desta vez: Já rebaixado, o Prudentópolis só tem como motivação vencer pela primeira vez desde abril de 2014. Para não ser rebaixado pela primeira vez desde quando voltou a jogar a elite consecutivamente em 1994, o Rio Branco precisa vencer e torcer para o Atlético vencer  o Nacional por qualquer resultado, pois o saldo favorece o time parnanguara. Aflição no Litoral.

 

ArenadaBaixada

Sábado, 2 de maio – 18h30 – (1.º) Atlético x Nacional (2.º) – Joaquim Américo Guimarães (Arena da Baixada), Curitiba

Televisionamento: Premiere.

Arbitragem: José Mendonça da Silva Jr., Weber Felipe Silva, Giovani Marcos Matielo.

Da última vez: Um gol de Bruno Mota foi o bastante para o Atlético conquistar a gordura necessária para se salvar rodadas depois. Nacional 0 x 1 Atlético.

Desta vez: Para o Nacional se salvar, um empate basta. É o mesmo que precisa o Atlético para ser campeão do Torneio da Morte (não que venha a ser uma honra). Se o NAC vencer, o título é dele. O Nacional será rebaixado se perder e o Rio Branco vencer o já rebaixado Prudentópolis. O Atlético jogará com time completamente alternativo, com Marcão, o auxiliar, de técnico. É gente querendo mostrar serviço, inclusive o Bruno Mota que fez o gol na 2.ª Rodada sobre o mesmo Nacional.

 

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: