Guia da 10.ª Rodada do Paranaense

pr2015

A 1.ª Fase do Campeonato Paranaense está realmente perto do fim. Esta é a penúltima rodada e sete times têm destinos já definidos, sendo cinco classificados e dois que já sabem que jogarão o Torneio da Morte. Cinco equipes ainda lutam para descobrir se vão pelo título ou contra o rebaixamento. O meio de semana teve Copa do Brasil para o Londrina, que foi batido em casa pelo Santos por 1 a 0, num pênalti bem duvidoso. No Paranaense, o Tubarão está classificado e define em que posição fica. Vamos aos jogos:

 

CoutoPereira

Sábado, 21 de março – 18h30 – (1.º) Coritiba x FC Cascavel (8.º) – Major Antônio Couto Pereira, Curitiba

Televisionamento: Premiere.

Arbitragem: Lucas Paulo Torezin, André Luiz Severo e Flavio Augusto Alves.

Da última vez: Este é um duelo inédito. Coritiba e FC Cascavel nunca se enfrentaram em jogos oficiais da categoria adulta.

Desta vez: O Coritiba tem como ambição ficar o mais alto possível na classificação da fase para poder decidir em casa a maioria dos jogos eliminatórios. O FC Cascavel luta por uma das três vagas que faltam para a disputa. Quem está com olho bem grande nesta partida é o Atlético, que terá de torcer pelo arquirrival para que ainda tenha chances de se classificar.

 

Ecoestadio

Domingo, 22 de março – 16 horas – (2.º) J. Malucelli x Londrina (5.º) – Ecoestádio Janguito Malucelli, Curitiba

Televisionamento: nenhum

Arbitragem: Selmo Pedro dos Anjos Neto, Arestides Pereira da Silva Jr. e Marcelo Pavan.

Da última vez: Foi uma das quartas de final do Paranaense 2014. A partida de volta, no dia 23 de março de 2014, foi em Londrina. Administrando vantagem da ida de 2 a 1, o Tubarão faturou com gols de Arthur, aos 32 minutos do segundo tempo e Alexandre Oliveira, atual gerente de futebol, aos 36. Londrina 2 x 0 J. Malucelli.

Desta vez: Os dois times estão classificados e agora brigam por uma melhor posição. O Jotinha precisa vencer para ter chances ainda de ser o primeiro, dependendo do resultado do Coritiba no sábado. O Londrina precisa vencer para que possa ser no máximo o segundo colocado.

 

GigantedoItiberê

Domingo, 22 de março – 16 horas – (10.º) Rio Branco x Foz do Iguaçu (4.º) – Fernando Charburb Farah (Gigante do Itiberê/Caranguejão), Paranaguá

Televisionamento: nenhum

Arbitragem: Eduardo Elias Melek, Diogo Morais e Felipe Gustavo Schmidt.

Da última vez: O último duelo entre as equipes foi na 8.ª Rodada da 1.ª Fase do Paranaense 2009, no dia 21 de fevereiro daquele ano. Jogando em Foz do Iguaçu, o Azulão da Fronteira se deu melhor. Foz do Iguaçu 1 x 0 Rio Branco.

Desta vez: O duelo entre os dois times extremos da BR-277 tem uma surpresa positiva e uma negativa. A positiva é o Foz, já classificado e que joga por melhores posições. A negativa é o Rio Branco, que se agarra nas poucas chances de classificação e vai para o desespero. O Leão da Estradinha trocou de treinador após a última derrota, saindo Amaury Knevitz e entrando Edson Neguinho.

 

NewtonAgibert

Domingo, 22 de março – 16 horas – (12.º) Prudentópolis x Maringá (7.º) – Newton Agibert, Prudentópolis.

Televisionamento: nenhum

Arbitragem: Adriano Milczvski, Sidmar dos Santos Meurer e Leandro Luiz Zeni.

Da última vez: Os dois times fizeram uma das quartas de final do Paranaense 2014. O jogo de volta foi exatamente no dia 22 de março, em Maringá. Administrando uma vantagem após um emocionante 4 a 3, o Maringá venceu mais uma vez. O gol foi de Cristiano, de pênalti, aos 30 minutos do segundo tempo. Maringá 1 x 0 Prudentópolis.

Desta vez: O Prudentópolis só aguarda o Torneio da Morte chegar. No máximo, corre atrás de pontos para não fechar como lanterna. O Maringá pode ratificar a classificação antecipada ao mata-mata.

 

GermanoKruger

Domingo, 22 de março – 16 horas – (3.º) Operário x Paraná (6.º) – Germano Krüger, Ponta Grossa

Televisionamento: Globo-RPC, Band-Tarobá e Premiere.

Arbitragem: Rodolpho Toski Marques, Pedro Martinelli Christino e João Fábio Machado Brischiliari.

Da última vez: O último duelo entre as equipes foi na 5.ª Rodada do Paranaense 2014, no dia 9 de fevereiro, em Ponta Grossa. O Paraná abriu vantagem com Giancarlo aos 32 do 1.º tempo e aos 15 do 2.º. Paulinho ampliou aos 23 e Sandro fez o de honra do Fantasma aos 38. Operário 1 x 3 Paraná.

Desta vez: O Operário está classificado e joga por melhor posição. o Paraná tem uma situação confortável e duas partidas para ratificar a classificação. Um tabu favorece o Tricolor: a equipe não perde há dois anos em jogos do Paranaense disputados no interior.

 

ArenadaBaixada

Domingo, 22 de março – 18h30 – (9.º) Atlético x Nacional (11.º) – Joaquim Américo Guimarães (Arena da Baixada), Curitiba

Televisionamento: Premiere

Arbitragem: Fabio Filipus, Victor Hugo Imazu dos Santos e Júlio César de Souza.

Da última vez: O último duelo das equipes foi no Ecoestádio no 2.º turno do Paranaense 2013, no dia 14 de março daquele ano. Douglas Coutinho aos 24 do primeiro tempo e Marcos Guilherme aos 32 da etapa final deram números ao jogo. Atlético 2 x 0 Nacional.

Desta vez: Enquanto o Nacional já está no Torneio da Morte, o Atlético não pode pensar nem em empatar. E ainda corre o risco, dependendo dos resultados, de entrar em campo já eliminado. Nesta semana, trocou de treinador: saiu Claudinei Oliveira e entrou Enderson Moreira.

Leave a Comment

Filed under Metrópole adentro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *