Numeralhas da 11.ª Rodada do Paranaense

pr2015

A rodada

Maringá 2 x 1 J. Malucelli

Gols: Alex, Gabriel Barcos (MFC); Jefeson (JMA)

 

Londrina 1 x 0 Atlético

Gol: Arthur (LEC)

 

Nacional 2 x 2 Prudentópolis

Gols: Tcharlles, Vieira (NAC); Wellighton, Lucas (PRU)

 

Operário 3 x 1 Rio Branco

Gols: Douglas (3) (OPE); Júnior Goiano (RBR)

 

Foz do Iguaçu 2 x 2 FC Cascavel

Gols: Renatinho, Quirino (FOZ); Toni, Marcelo (FCC)

 

Paraná 0 x 0 Coritiba

 

Jogos: 6

Gols:  16

Média de gols por partida da rodada:  2,67

Jogos até agora: 66

Gols até agora: 143

Média de gols por partida do campeonato: 2,17

 

Classificação

1.º Coritiba – 26 pts

2.º J. Malucelli – 23 pts

3.º Operário – 20 pts – 6 vitórias – saldo +7

4.º Maringá – 20 pts – 6 vitórias – saldo +4

5.º Londrina – 18 pts – 5 vitórias – saldo +6

6.º Paraná – 18 pts – 5 vitórias – saldo +4

7.º Foz do Iguaçu – 17 pts

8.º FC Cascavel – 14 pts

9.º Atlético – 11 pts

10.º Rio Branco – 10 pts

11.º Nacional – 4 pts

12.º Prudentópolis – 3 pts

 

Em azul os classificados para o mata-mata

Em vermelho os times que disputarão o Torneio da Morte 

 

* A média inglesa desta competição oscila entre 21 e 23 pontos. Não entendeu?Confira aqui!

* O líder Coritiba superou a média inglesa com 26 pontos e  o vice-líder J. Malucelli a igualou. Sinal que este campeonato está menos disputado que no ano passado.

* Em 2014, o Paraná foi o primeiro colocado da fase de grupos, marcando apenas 18 pontos, e o Atlético foi o oitavo com 15. Este ano, o Cascavel entrou com 14.

* O Atlético disputará o Torneio da Morte pela primeira vez desde 1980. Naquele ano, o Furacão conquistou o macabro título. A história daquele ano foi ter trazido um time de jogadores experientes, os “bondes gaúchos”, que foram dispensados e aí deu espaço para jovens brilharem e salvarem o clube de um vergonhoso rebaixamento. Fazem companhia ao Atlético o Rio Branco, o Nacional e o Prudentópolis.

* O Prudentópolis foi o único time sem vitória na primeira fase.

* O clássico Paratiba teve um gol para cada pagante. Como a partida foi com portões fechados…

 

Chaveamento do mata-mata

 

Eis os cruzamentos do Campeonato Paranaense até a decisão. Clique para ver em tamanho maior

Eis os cruzamentos do Campeonato Paranaense até a decisão. Clique para ver em tamanho maior

 

Artilharia completa

9 gols

Rafhael Lucas (CFC)

7 gols

Douglas (OPE)

6 gols

Rafael Santiago (MFC)

5 gols

Netinho (JMA)

4 gols

Bruno Andrade (RBR)

Renatinho (FOZ)

Vieira (NAC)

3 gols

Baiano (FOZ)

Tcharlles (NAC)

Bruno Batata (JMA)

Serjão (PRU)

Ricardinho, Carlinhos (PRC)

Gabriel Barcos (MFC)

2 gols

Bruno Batata, Fabinho (JMA)

Joelson, Ruy (OPE)

Alan Santos, Wellington Paulista (CFC)

Rossi (PRC)

Dirceu (LEC)

Lucas Paulista (NAC)

Marcelo Xavier (MFC)

Cléo (CAP)

Toni (FCC)

Quirino (FOZ)

1 gol

Pedro Ken, Mazinho, Negueba, Wallyson (CFC)

Crysan, Bruno Pelissari, Caíque, Lula, Gustavo, Natanael, Edigar Junio, Dellatorre, Hernani (CAP)

Bruninho, Rodrigo Tosi, Paulo Henrique, Jean, Lucas Pará (PRC)

Wéverton, Rone Dias, Germano, Léo Maringá, Hiago, Celsinho, Arthur (LEC)

Paulinho, Léo Salino, Juba, Jhonathan Silva, Jhonatan, Mateus Lima (OPE)

Alex Fraga, Fernando, Leandro Silva, Jefeson (JMA)

Bruno Flores, Paulo Henrique, Roger Guerreiro, Júnior Goiano (RBR)

Edinho, Wesley, Leandro Silva (FOZ)

Diogo, Fernandinho, Cacá (NAC)

Rodrigo Dantas, Rhuan, Edinho, Danilo Rios, Eurico, Alex (MFC)

Jorge Preá, Anderson Rosa, Everton, Dewide, Marcelo (FCC)

Wellighton, Lucas (PRU)

Gol contra

João Pedro (NAC, pró-CAP)

 

Para quem não conhece, este é o centroavante Douglas, de 29 anos, natural de Ponta Grossa e vice-artilheiro do Paranaense. Foram dele os três gols do Fantasma sobre o Rio Branco no Germano Krüger

Para quem não conhece, este é o centroavante Douglas, de 29 anos, natural de Ponta Grossa e vice-artilheiro do Paranaense. Foram dele os três gols do Fantasma sobre o Rio Branco no Germano Krüger (Foto: Site Oficial do Operário)

 

* Das onze partidas da primeira fase do Paranaense, em três Rafhael Lucas não marcou e em todas elas o Coritiba não venceu. Foi o caso do 0 a 0 no Paratiba. Isto é: o Coritiba vence no Estadual quando o artilheiro marca.

* Douglas do Operário fez um jogo com três gols. Com isso, chegou aos 7 gols e é o novo vice-artilheiro do campeonato e uma das boas surpresas da competição.

* Semana inesquecível para Arthur do Londrina: chegou a ser afastado, foi reintegrado e saiu do banco para fazer o gol da vitória sobre o Atlético.

Leave a Comment

Filed under Numeralhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *