#BrasileirãoFreak – 28/11

Ai ai ai ai ai… já está chegando a hora.. O dia já vem raiando meu bem… É a penúltima parada do #BrasileirãoFreak desta temporada. Série A praticamente definida, restando últimas vagas na B e em competições. Série B encerrada e com a análise dos números. Lá vamos nós:

Série A

* O Corinthians não alcança mais a Média Inglesa. Termina com no máximo 75 pontos, um abaixo.

* Por outro lado, também, o G6 terá times abaixo de 58 pontos.

* O G4 está definido. Só resta definir a ordem do segundo ao quarto.

* O Vasco pode se classificar para a Libertadores com saldo negativo.

* Ponte Preta e Atlético-GO já caíram e não chegam aos 45. Vitória, Coritiba, Sport e Avaí, que não chegaram ainda aos 45, correm o risco de cair na próxima rodada. Com 46, o Fluminense já se salvou.

Régua dos Pontos

72 a 75: Corinthians

63 a 66: Palmeiras

62 a 65: Grêmio, Santos

56 a 59: Cruzeiro

53 a 56: Flamengo, Vasco

52 a 55: Botafogo

51 a 54: Chapecoense, Atlético-MG

49 a 52: Bahia, São Paulo

48 a 51: Atlético-PR

46 a 49: Fluminense

43 a 46: Vitória, Coritiba

42 a 45: Sport, Avaí

39 a 42: Ponte Preta

34 a 40: Atlético-GO

Série B

* O campeão América-MG fez 73 pontos, três a menos que a Média Inglesa, mostrando ser um campeonato ligeiramente equilibrado

* O Paraná foi quarto com 64 pontos. Projetávamos acesso com 63 pontos.

* Luverdense caiu com 44 pontos e o Guarani se salvou com os mesmos 44 pontos, mas 11 vitórias. Calculávamos a salvação em 45 pontos, que foi o que o CRB e o Goiás, logo acima, fizeram.

* América-MG e Internacional foram os que mais venceram: 20 vezes.

* Santa Cruz e Náutico foram os que menos venceram: 8 vezes.

* O resultado mais repetido da competição foram derrotas de ABC e Náutico: 22 vezes cada.

* Já o resultado mais raro foi derrota do América-MG: 5 vezes.

* O Oeste empatou 17 vezes, isto é, quase um turno inteiro.

* Já o Brasil de Pelotas, empatando apenas seis vezes, foi o Juan Pablo Montoya da Série B: win or wall!

* O Londrina foi o melhor ataque, com 56 gols.

* O ABC foi o pior ataque, com 28 gols: primário.

* Defesas ganham campeonatos e a do América-MG foi campeã, sofrendo apenas 25 gols.

* O Santa Cruz caiu com a pior defesa, sofrendo 46 gols.

* Mazinho do Oeste e Bergson do Paysandu fecharam na artilharia com 16 gols cada. É a mesma marca de Reinaldo do Vitória de 2005 e a mesma de Adhemar do São Caetano durante apenas o Módulo Amarelo da João Havelange (2000).

Freakadas Alheias

Use a tag #BrasileirãoFreak no Twitter e corra o risco de aparecer aqui. Nesta semana, ninguém teve a coragem de fazer isso.

Leave a Comment

Filed under Numeralhas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *