Nova Orleans goleia Shabureya e escala tabela; Grêmio Ipiranga ultrapassa União Ahu

À esquerda, o Grêmio Ipiranga ganhou uma posição e se aproximou do meio da tabela; À direita, o Nova Orleans contou com rodada favorável e assumiu a vice-liderança

Quem trocou a Liga dos Campeões e o Atletiba pelo José Drulla Sobrinho neste sábado (3) pôde conferir duas partidas de uma rodada da Copa de Futebol Amador da Capital que teve como grande favorecido o Nova Orleans. O time da casa venceu sua partida, a de fundo, com um convincente 5 a 0 sobre o lanterna Shabureya e viu vários rivais pelo título enroscarem durante a tarde. Na preliminar, o Grêmio Ipiranga venceu o União Ahu e por 3 a 2 e ultrapassou o adversário na tabela.

A briga pelo título ganhou novos ingredientes nesta rodada. Agora com 13 pontos, o Nova Orleans é o vice líder, atrás apenas do Capão Raso, que estacionou nos 14 pontos e tem o risco de perda de pontos no TJD. O Imperial vem logo atrás, estacionou com 12, mesma pontuação do Uberlândia, que empatou, um a mais que o Palmeirinha, 11 pontos. Chegando aos 10 pontos, o Bangu entrou na briga e vê o Santíssima Trindade no retrovisor com nove. É a promessa de um final de competição emocionante. Deste populoso grupo da dianteira, Palmeirinha, Capão Raso, Nova Orleans e Santíssima Trindade ainda não folgaram na tabela. O Grêmio Ipiranga chegou aos sete pontos, ultrapassando o União Ahu, que ficou com quatro, e atrás do Nacional nos critérios de desempate. O Shabureya segue na lanterna sem pontuar.

Das equipes que entraram em campo nos jogos que acompanhamos, todos voltam a campo na semana que vem no sábado (10). O Shabureya enfrenta o Imperial às 13h30 no XV de Agosto. Às 15h30, o Grêmio Ipiranga faz confronto direto com o Santíssima Trindade no Parque Linear. No mesmo horário, novamente no José Drulla Sobrinho, Nova Orleans e União Ahu se enfrentam.

Grêmio Ipiranga abre vantagem, mas deixa União Ahu encostar

O primeiro tempo de partida parecia anunciar uma jornada tranquila para o Grêmio Ipiranga, que abriu 2 a 0 no placar. Mas a segunda etapa e o placar final de 3 a 2 deixou um gosto de que daria para buscar o empate por parte do União Ahu.

O time da Zona Sul saiu na frente logo aos 5 minutos de jogo com gol de Matheus e ampliou aos 15 minutos quando o mesmo Matheus chutou e contou com o desvio do Matheus do time adversário para ampliar. Gol contra anotado.

No segundo tempo, o Grêmio Ipiranga ampliou no começo, logo aos 4 minutos, com o zagueiro Maranhão aparecendo de elemento surpresa na área.

Depois disso, começou uma reação do União Ahu. Aos 16 minutos, Guilherme bateu falta com perfeição.

Logo depois, aos 19 minutos, o goleiro Osni cometeu pênalti em jogada pelo alto. A cobrança foi executada por Bigu.

O jogo esquentou, mas não do jeito que se esperava. Aos 20 minutos, após entrada mais forte, começou uma confusão, com empurra-empurra e tudo. O árbitro José Ricardo de Souza Costa acabou expulsando um de cada lado: Alex do Grêmio Ipiranga e Betinho do União Ahu. E o placar ficou no 3 a 2.

“A gente teve desfalques. Contusões no começo. A competição é longa, assim como a Suburbana e nosso objetivo é chegar forte até lá”, disse Guilherme do União Ahu.

“Estamos aí. Jogo fácil, dois a zero no começo e depois complicou. Juizão foi bem, mas complicou no pênalti. Vamos ainda em busca do título que nosso time é bom e não tem nada decidido”, afirmou Matheus do Grêmio Ipiranga.

Nova Orleans goleia Shabureya ao natural

No jogo de fundo, o Nova Orleans fez valer o seu favoritismo e goleou o Shabureya por 5 a 0. O destaque da partida foi Leomar, autor de dois gols e que pode desfalcar a equipe por bastante tempo, pois irá a julgamento nesta semana pela expulsão contra o Imperial. Ederson, autor de um gol, também será julgado e poderá virar desfalque, mas dentro de artigos teoricamente menos graves que o do colega de time.

O Shabureya tentou jogar de maneira menos aberta que nas demais partidas, mas não foi páreo para as arrancadas de Ederson. Aos 25 minutos, o baixinho da camisa 11 arrancou pela esquerda e bateu para a defesa de Homero. A bola subiu e encontrou a cabeça de Igor, que cabeceou com estilo para as redes.

A segunda arrancada que virou gol foi aos 28 minutos. Ederson deixou a zaga na saudade e foi parado com pênalti pelo goleiro Homero. Na cobrança, bateu sem chances para o camisa 1.

Na segunda etapa, o técnico Alexandre Oliveira começou a testar formações, poupando o lateral-esquerdo Dega, testando Nathan como lateral e promovendo o retorno aos gramados do meia Peteca, que ficou parado por cerca de um ano após uma ruptura de ligamento dos joelhos. Com elenco mais profundo, a vantagem física também ficou mais preponderante, enquanto o Shabureya tentou fazer seu jogo nas infiltrações com passes.

Leomar fez dois gols logo aos 6 minutos e aos 13, dando mais tranquilidade ainda para a equipe, que fez o jogo fluir e que poderia ter feito um resultado maior se não fosse pelo menos três defesas importantes de Homero.

Quem fechou o placar veio do banco, Ricardinho, em boa trama de ataque aos 31 minutos da etapa final. 5 a 0.

“Graças a deus boa partida. Time do Shabureya é bom e deu trabalho para a gente, mas fizemos um ótimo trabalho de equipe”, disse Ricardinho após a partida.

“O Shabu entrou com proposta mais recuada, trabalhar a bola. Tomamos gols em duas jogadas oportunas: uma falta não marcada, que o árbitro achou que não foi e um pênalti que foi realmente necessário. Agora é trabalharmos para tirarmos o time dessa situação incômoda da tabela”, analisou Vermelho do Shabureya.

Shabureya resgatará palco da Suburbana

Nesta semana, quinta-feira, haverá o julgamento dos recursos de Arbesc e Combate Barreirinha para participarem da Série B da Suburbana. O que é certo é que o Shabureya definiu uma nova velha casa para suas partidas: o Estádio Wilson Gomes Pereira, ou simplesmente Estádio dos Leões.

Existente desde os anos 80, quando foi cedido pela Prefeitura aos clubes do Sítio Cercado, Rio Negro e Olympique, a praça de esportes não foi utilizada na última temporada, pois o Olympique encontra-se inativo há alguns anos e o Rio Negro não disputa a Suburbana desde 2015. O Shabureya, quando entrou a Suburbana, tinha já como objetivo representar o Sítio Cercado, mas mandou seus jogos na temporada passada, a de estreia, no CT do Ganchinho.

No acordo feito com o poder público, o clube terá de fazer algumas melhorias no local como novas grades, pinturas e reformas nos bancos de reservas e vestiários.

Ficha Técnica das Partidas:

Rodada dupla no Estádio José Drulla Sobrinho, Nova Orleans, Curitiba

Grêmio Ipiranga 3 x 2 União Ahu

Grêmio Ipiranga: Osni; Giovani (Luan), Gamarra, Maranhão (Bruno)  e Moura; Marcelo, Gustavo, Lucas (Alex) e Matheus; Moraes (Carlinhos) e Juliano. Técnico: Márcio Victor.

União Ahu: Joe; Matheus, Thiago, Betinho e Maurício (Ewerton); Vivi, Luciano, Lucas e Guilherme; Stanley e Bigo. Técnico: Marcelo Leôncio.

Arbitragem: José Ricardo de Souza Costa, Ricardo Alexandre Santos e Maurício Costanaro Gonçalves.

Gols: Matheus (GRI, aos 5’/1.º), Matheus (contra, pró-GRI, os 15’/1.º), Maranhão (GRI, aos 4’/2.º), Guilherme (AHU, aos 16’/2.º), Bigo (AHU, os 19’/2º)

Cartões Amarelos: Vivi (AHU)

Cartões Vermelhos: Alex (GRI, os 21’/2.º) e Betinho (AHU, aos 21’/2.º), ambos após confusão no meio de campo.

Nova Orleans 5 x 0 Shabureya

Nova Orleans: Matheus; Leonardo, Nathan, Du (Luan) e Dega (João); Erick (Peteca), Molão, Fábio e Leomar (Fininho); Igor (Ricardinho) e Ederson (Jorge). Técnico: Alexandre Oliveira.

Shabureya: Homero; China, Gabba (Clézio), Bueno e Luiz; Vermelho, Murian (Harisson), Mateus (Bolinha) e Gibson (Vinícius); Neguinho (Felipe) e Wesley. Técnico: Resende.

Arbitragem: Marcos Antônio de Oliveira Junior, Ricardo Alexandre Santos e Maurício Costanaro Gonçalves.

Gols: Igor (UNO, aos 25’/1º), Ederson (UNO, aos 28’/1.º), Leomar (UNO, aos 6’/2.º, aos 13’/2.º), Ricardinho (UNO, aos 31’/2.º).

Cartões Amarelos: Ederson (UNO), Homero, Bueno, Luiz (SHA).

Confira imagens das partidas:

Este slideshow necessita de JavaScript.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: