Numeralhas da Rodada do Paranaense – Volta das Semifinais e 4.ª do Torneio da Morte

pr2015

A Rodada

Domingo

Coritiba 3 x 0 Londrina

Gols: Negueba, Leandro Almeida, Allan Vieira (contra) (CFC)

Agregado: 3-1

 

Operário 2 x 0 Foz do Iguaçu

Gols: Juan Sosa, Douglas (OPE)

Agregado: 3-1

 

Jogos: 2

Gols: 5

Média de gols por partida da rodada: 2,5

Jogos até agora: 78

Gols até agora: 173

Média de gols por partida do campeonato: 2,22

 

Esta é a tabela do mata-mata do Paranaense. Clique para ver em tamanho maior.
Esta é a tabela do mata-mata do Paranaense. Clique para ver em tamanho maior

 

* O Coritiba reverteu com autoridade a desvantagem que tinha após a derrota na ida. No segundo tempo, o Alviverde atropelou e garantiu a chance de recuperar o título que deixou escapar nas semifinais de 2014.

* Quem garantiu-se na decisão foi o Operário, que fez a de casa. Primeira final do Fantasma desde 1961. A ida é no Germano Krüger e a volta no Couto Pereira.

* O Operário tem uma marca curiosa: foi 14 vezes vice-campeão paranaense e nenhuma vez campeão.

* Segue a lista de vices do Operário com o respectivo campeão: 1923 (Britânia), 1924 (Palestra), 1925 (Atlético), 1926 (Palestra), 1929 (Atlético), 1930 (Atlético), 1932 (Palestra), 1934 (Coritiba), 1936 (Atlético), 1937 (Ferroviário), 1938 (Ferroviário), 1940 (Atlético), 1958 (Atlético), 1961 (Comercial de Cornélio Procópio).

* Pouco lembrado, mas, a Final do Interior será entre os eliminados da semifinal, Londrina e Foz do Iguaçu.

 

Artilharia completa

12 gols

Rafhael Lucas (CFC)

8 gols

Douglas (OPE)

6 gols

Rafael Santiago (MFC)

Netinho (JMA)

5 gols

Renatinho (FOZ)

4 gols

Bruno Andrade (RBR)

Vieira (NAC)

Ruy (OPE)

3 gols

Baiano, Quirino (FOZ)

Tcharlles (NAC)

Bruno Batata (JMA)

Serjão (PRU)

Ricardinho, Carlinhos (PRC)

Gabriel Barcos (MFC)

Alan Santos, Wellington Paulista (CFC)

Rone Dias  (LEC)

2 gols

Bruno Batata, Fabinho (JMA)

Joelson, Juba (OPE)

Rossi (PRC)

Dirceu (LEC)

Lucas Paulista (NAC)

Marcelo Xavier, Rodrigo Dantas (MFC)

Cléo (CAP)

Toni, Everton (FCC)

Negueba (CFC)

1 gol

Pedro Ken, Mazinho, Wallyson, Leandro Almeida (CFC)

Crysan, Bruno Pelissari, Caíque, Lula, Gustavo, Natanael, Edigar Junio, Dellatorre, Hernani (CAP)

Bruninho, Rodrigo Tosi, Paulo Henrique, Jean, Lucas Pará (PRC)

Wéverton, Germano, Léo Maringá, Hiago, Celsinho, Arthur, Diogo Roque, Paulinho (LEC)

Paulinho, Léo Salino, Jhonathan Silva, Jhonatan, Mateus Lima, Pedrinho, Juan Sosa (OPE)

Alex Fraga, Fernando, Leandro Silva, Jefeson, Getterson (JMA)

Bruno Flores, Paulo Henrique, Roger Guerreiro, Júnior Goiano (RBR)

Edinho, Wesley, Leandro Silva, Perini, Geovane, Ícaro (FOZ)

Diogo, Fernandinho, Cacá (NAC)

Rhuan, Edinho, Danilo Rios, Eurico, Alex Santos, Max, Edmar (MFC)

Jorge Preá, Anderson Rosa, Dewide, Marcelo (FCC)

Wellighton, Lucas (PRU)

Gol contra

João Pedro (NAC, pró-CAP)

Alex Travassos (FOZ, pró-JMA)

Allan Vieira (LEC, pró-CFC)

 

Voo próprio: Coritiba não precisou de gols de Rafhael Lucas, que saiu machucado, para vencer Londrina (foto: Site Oficial do Coritiba)
Voo próprio: Coritiba não precisou de gols de Rafhael Lucas, que saiu machucado, para vencer Londrina (foto: Site Oficial do Coritiba)

 

* Pela primeira vez no Paranaense o Coritiba venceu sem gol de Rafhael Lucas. O atacante era dúvida, começou jogando, mas foi substituído ainda no primeiro tempo.

* Em Ponta Grossa, o vice-artilheiro do campeonato, Douglas, fez o segundo no campeonato e agora tem oito gols, quatro a menos que Rafhael Lucas, que passou em branco. Os dois brigam pela artilharia do certame, mas Douglas precisará de duas atuações de gala para alcançar o camisa 99 do Alviverde.

 

Torneio da Morte

A rodada

Sábado

Atlético 1 x 3 Rio Branco

Gols: Felipe (CAP); Josy, Roger Guerreiro, Bruno Andrade (RBR)

 

Domingo

Prudentópolis 2 x 2 Nacional

Gols: Serjão, Wellington (PRU), Lucas Paulista, Tcharlles (NAC)

 

Jogos: 2

Gols da rodada: 7

Média de gols por jogo da rodada: 3,5

Jogos até agora: 8

Gols até agora: 17

Média de gols por jogo do Torneio da Morte: 2,12

 

Classificação

1.º Atlético – 7 pts

2.º Rio Branco – 5 pts – 1 vitória – saldo 1

3.º Nacional – 5 pts – 1 vitória – saldo 0

4.º Prudentópolis – 3 pts

 

Faixa de pontos que cada time pode alcançar no Torneio da Morte

Atlético: 7 a 13

Rio Branco, Nacional: 5 a 11

Prudentópolis: 3 a 9

 

Artilharia:

2 gols

Felipe (CAP)

Tcharlles (NAC)

1 gol

Lucas Paulista (NAC)

Douglas Coutinho, Caíque, Bruno Mota (CAP)

Henrique, Marco Túlio, Júnior Goiano, Josy, Roger Guerreiro, Bruno Andrade (RBR)

Luisinho, Kal, Serjão, Wellington (PRU)

 

* Tensão na Arena da Baixada. A derrota para o Rio Branco fez o clima, que não era bom, piorar ainda. Torcida chegou a se virar para o campo e a aplaudir crianças que jogavam nas arquibancadas.

* O resultado recolocou o Rio Branco na briga e impediu o Atlético de garantir a salvação e transformar duas rodadas finais em protocolo.

* O empate em Prudentópolis entre Prudentópolis e Nacional foi ruim para os dois. O NAC saiu da zona de salvação e o Prudentópolis poderá ser rebaixado na próxima rodada.

* Para se salvar já na próxima rodada, o Atlético precisa vencer o Nacional, sem depender de outros resultados. Neste cenário, se vencer o Prudentópolis, o Rio Branco jogaria a permanência por um empate na última rodada. O Prudentópolis pode ser rebaixado na próxima rodada se perder para o Rio Branco e o Nacional vencer o Atlético. Analisaremos todos os cenários no Guia da próxima rodada.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: