Palmeirinha e Grêmio Ipiranga vencem e disputarão semifinal da Copinha

Mandantes da jornada dupla, Palmeirinha e Grêmio Ipiranga superaram União Vila Torres e Bangu respectivamente

Em rodada dupla disputada na tarde deste sábado (29) no Elba de Pádua Lima, Palmeirinha e Grêmio Ipiranga venceram e farão uma das semifinais da Copa de Futebol Amador da Capital. Na preliminar, o Palmeirinha bateu o União Vila Torres por 3 a 1, enquanto que na partida de fundo o Grêmio Ipiranga venceu o Bangu, atual bicampeão, por 2 a 1. O duelo entre as equipes em jogo único pelas semifinais será no próprio Elba de Pádua Lima, próximo sábado (6), às 15h30. A outra semifinal será entre São Braz e Capão Raso, único time sobrevivente com título, no Monte Bérico.

Cachorrinho faz a diferença para o Palmeirinha em jogo nervoso

Jogadores do Palmeirinha comemoram o primeiro gol da partida: equipe encarará o Grêmio Ipiranga nas semifinais

Na preliminar, um jogo nervoso e de muito choque teve o Palmeirinha, mais experiente, como vencedor, diante de um jovem time do União Vila Torres, que teve duas expulsões e ensaiou uma reação quando se viu atrás no marcador. No entanto, quem fez a diferença foi o atacante Cachorrinho, autor de dois gols. Thiagão também marcou para o Palmeirinha, enquanto que Bruno marcou para o União Vila Torres. Porém, na súmula, os três gols foram assinalados pelo árbitro Murilo Ugolini Klein para Cachorrinho.

“O time do Vila Torres jogou bola limpo, mas conseguimos ir para a vitória. Tivemos de acalmar a equipe, colocar a bola no chão e partir para cima. Agora é pé no chão, jogar sem maldade e ir para cima dos caras”, afirmou Cachorrinho do Palmeirinha. “A gente não tinha jogado aqui. Sentimos o campo, demoramos para entrar no jogo. Não podemos culpar a arbitragem, mas teve uns erros. Teve a expulsão que a gente acha que não foi toque de mão. A gente tentou buscar, mas a bola não entrou”, disse o zagueiro Lucas do União Vila Torres.

O jogo

Foi uma partida bastante disputada, com lances duros e muito contato, pois o gramado do Elba de Pádua Lima é reduzido e o piso é duro. O primeiro gol saiu apenas no fim do primeiro tempo, aos 41 minutos, quando após levantamento de Son, Thiagão cabeceou para o gol. No entanto, o árbitro Murilo Ugolini Klein anotou para Cachorrinho.

No segundo tempo, aos 2 minutos, Caíque do União Vila Torres foi expulso ao ser acusado de tentar marcar gol desviando a bola com a mão. Ele tinha amarelo. Para piorar as coisas para os visitantes, Cachorrinho concluiu jogada aos 3 minutos e ampliou para o Palmeirinha.

Com um a menos e atrás no placar, o União Vila Torres acordou para o jogo e começou a pressionar. Aos 11 minutos, Gabriel foi derrubado na área. Pênalti. Bruno bateu forte, Macaxeira chegou a tocar na bola, mas não conseguiu defender. O União Vila Torres encostou no placar e ganhou ânimo.

Porém, em um lance aos 34 minutos, Cachorrinho ficou livre e esfriou as pretensões do Tricolor, fazendo o terceiro gol da partida. Aos 43, de maneira direta, Gregory do União Vila Torres foi expulso após uma entrada mais forte em Cristian.

Grêmio Ipiranga alcança virada sobre Bangu nos últimos dez minutos

Em cima da hora: gol aos 42 do segundo tempo sela a vitória do Grêmio Ipiranga, que agora pega o Palmeirinha nas semifinais

No jogo de fundo, o Grêmio Ipiranga eliminou o atual bicampeão Bangu ao virar o jogo nos últimos dez minutos. O placar de 2 a 1 teve Adriano Gloneke abrindo o placar para o Rolo Compressor e Moura e Matheus virando para os mandantes.

“O time se comportou bem no primeiro tempo, fizemos 1 a 0. Chegamos no intervalo e rolou umas mudanças que não concordei muito. Colocaram dois jogadores pesados e colocando na lateral para ser o 2. Agora é concentrar na Suburbana, trabalhar forte para consertar os erros”, afirmou Valdir, meio-campista e lateral do Bangu. “Nosso time começou bem no jogo, sabia que ia ser difícil. Time deles tem muito qualidade, é complicado. Erramos, errei duas, tomamos gol, mas nosso time tem muita qualidade, time de parceiro, um correu pelo outro e conseguimos chegar à vitória”, disse Matheus, autor do gol da vitória do Grêmio Ipiranga.

O jogo

Partida começou com ritmo eletrizante. Enquanto Ricardo Senem garantia o resultado atrás com grandes defesas em lances de Matheus e Juliano, entre outros, o Bangu tinha também suas chances no ataque, principalmente com Coutinho e Adriano Gloneke. O Bangu sofreu ao perder com poucos minutos Rafa, lesionado.

O gol do Bangu saiu em um contra-ataque. Aos 35 minutos, Adriano Gloneke recebeu, deu um drible no marcador, avançou por metade do campo e bateu na saída de Rubinho.

Com a vantagem nas mãos, o time do Bangu recuou no segundo tempo, principalmente quando começou a sentir o cansaço vindo da intensidade da partida. No entanto, seguia resistindo, com força nos desarmes e com defesas de seu goleiro.

Tudo parecia encaminhar para a continuidade da campanha banguense em busca do tri, mas aos 37 minutos, Moura recebeu após trama no ataque e, como uma flecha, entrou para bater na saída de Ricardo Senem. Tudo igual, inflamando a torcida local.

O Grêmio Ipiranga, mais jovem, ganhou mais ímpeto, enquanto que o Bangu sentia o peso físico da partida. E assim que Matheus teve espaço para chutar. A bola bateu no morrinho artilheiro e tirou de Ricardo Senem, garantindo a classificação dos mandantes à semifinal.

Ficha Técnica das Partidas:

Rodada dupla no Estádio Elba de Pádua Lima, Vila Ipiranga, Capão Raso, Curitiba

Palmeirinha 3 x 1 União Vila Torres

Palmeirinha: Macaxeira; Carlão, Lincoln, Willian e Mucilon; Celo, Som e Sidmar; Dolinha (Marcos), Thiagão (Cristian) e Cachorrinho. Técnico: Daniel Jorge.

União Vila Torres: Jhonatan; Gabriel (Fabrício), Bruno, Lucas e Gregory; Dandão, Caíque, Marcelinho e Matheus; Thiaguinho (Mateus José) e Lucas Braido. Técnico: Júlio César Oliveira.

Arbitragem: Murilo Ugolini Klein, Wesley Waldir Marmitt, João Cleber Cecatto Wagner.

Gols (segundo súmula): Cachorrinho (PGG, aos 41’/1.º, aos 3’/2.º, aos 34’/2.º); Bruno (UVT, aos 11’/2.º).

Cartões Amarelos: Willian, Sidimar, Cristian (PGG); Fabrício, Lucas Gregory, Caíque, Matheus, Jhonatan (UVT).

Cartões Vermelhos: Caíque (UVT, aos 2’/2.º, dupla advertência); Gregory (UVT, aos 43’/2.º, força excessiva, soco após lance); Alex Miguel (auxiliar técnico, UVT, aos 3’/2.º, reclamação).

Grêmio Ipiranga 2 x 1 Bangu

Grêmio Ipiranga: Rubinho; Moura (Massa), Willian, Alex Dog (Iago) e Miranda; Marcelo, Gustavo, Mineiro (Lucas) e Matheus (Evandro); André e Juliano. Técnico: Deoclecio Japa.

Bangu: Ricardo Senem; Rafa (Betinho), Paulo Sérgio, Bruno e Léozinho; Marcos Paulo, Valdir, Hantson (Adriano Sagui) e Joãozinho (Roberto); Coutinho (Queen) e Adriano Gloneke (Anderson Catatau). Técnico: Jeferson Silveira.

Arbitragem: Cristian Eduardo Gorski da Luz, Heitor Alex Eurich, Eduardo Luis Teixeira Furiatti.

Gols: Adriano Gloneke (BAN, aos 35’/1.º); Moura (GRI, aos 37’/2.º), Matheus (GRI, aos 42’/2.º).

Cartões Amarelos: Willian, Matheus, Juliano (GRI); Bruno (BAN).

Confira imagens das partidas:

Este slideshow necessita de JavaScript.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: