Pílulas da Suburbana (LVII)

São Braz na decisão da Copa de Futebol Amador da Capital de 2019: equipe chega ao centenário

Cem anos de São Braz

No último sábado (1.º), a Sociedade Operária Beneficente Internacional São Braz completou 100 anos de fundação. O clube é o segundo mais antigo da Suburbana em atividade, atrás apenas do Iguaçu (1919). Assim, é a segunda equipe amadora de Curitiba a atingir o centenário em atividade. No ano que passou, o São Braz foi vice-campeão da Copa de Futebol Amador da Capital, mas não passou da primeira fase na Série B da Suburbana.

Mudança no Tanguá

Mesmo com o acesso e vice-campeonato na Série B, o Tanguá decidiu não manter o treinador Antônio Marcos. A agremiação ainda não definiu ou anunciou um substituto para a temporada na Série B e possível participação na Copa de Futebol Amador da Capital.

Teve bola rolando

O Ypiranga começou sua preparação para a Copa de Futebol Amador e para a Série B da Suburbana com seu primeiro amistoso. No último sábado (1.º), o Vovô enfrentou o Bonanza, equipe não federada da região do Parque Industrial, no Jardim Independência. Melhor para os visitantes, que venceram por 2 a 1. A próxima atividade do time negro-esmeraldino será no dia 15, já com alguns reforços.

Errata

Em uma coluna anterior, dissemos que a Arena Shabureya será no Parque dos Pioneiros. A informação não está correta: o campo é no Parque do Semeador, também no bairro do Sítio Cercado, local já usado para treinamentos do Shabu Guerreiro.

E o arbitral?

Até o fechamento desta edição, por volta das 23 horas de domingo, não havia nenhuma informação divulgada pela Federação Paranaense de Futebol (FPF) sobre os arbitrais da Taça Paraná e também da Copa de Futebol Amador da Capital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: