Pílulas da Suburbana (XXIX)

Palco da decisão da Série B, Ozório Claudino de Barros, será também lugar em que o Vila Sandra oferecerá treinamento avançado para a comunidade

Novidade no Vila Sandra

O Vila Sandra começará a partir de 14 de fevereiro a oferecer treinamento avançado de futebol para atletas amadores no Ozório Claudino de Barros. A atividade aberta para a comunidade será um treino funcional duas vezes por semana. Para o elenco principal, é a chance de ter mais sessões durante a semana e melhorar o desempenho físico do time que joga a Taça Paraná e a Série A nesta temporada.

Integração e prospecção

A intenção, além de integrar mais a comunidade, é também ser mais uma chance de prospectar atletas, pois é uma alternativa para atletas sem clube manter a forma. A iniciativa terá a frente os professores Guilherme Gil de Barros (Trieste) e Caíque Müller (Athletico), além de um preparador de goleiro. Para participar, é preciso ter 18 anos e entrar em contato pelo telefone (41) 99725-6335. Para não-atletas do clube há cobrança de mensalidade.

Shabureya perto de definição

Time assíduo, que participou de todas as competições possíveis desde que foi filiado, o Shabureya está próximo de decidir se participará mais uma vez da Copa de Futebol Amador da Capital. O time negro-cobre, de um jeito ou outro, começa a definir sua equipe. A primeira mudança é o retorno do presidente David Silva à função de treinador.

Mais experiência

O Shabureya terá nesta temporada como princípio uma equipe mais experiente que nos outros anos. A missão do time é subir de patamar e ser mais competitivo. Segundo o presidente/treinador, David Silva, o elenco está quase fechado, precisando de alguns reforços pontuais, especialmente na zaga, posição ainda com poucos jogadores.

* * *

Três perguntas para Wagner Primo, técnico do Urano:

Wagner Roberto da Silva, o Wagner Primo, tem uma trajetória bem diferente no futebol. Nunca foi jogador, no máximo teve um tio e primo que atuaram na Suburbana. Nas peladas do Xaxim, bairro onde cresceu, o hoje treinador de apenas 37 anos, era o menino mais novo, que sempre ia buscar as bolas, o primo menor. Aí que surgiu a alcunha que o acompanha. Foi gandula e ali, vendo o futebol e o trabalho dos treinadores que o administrador, supervisor de vendas e especialista em gestão de pessoas decidiu também ser treinador, com objetivo de trabalhar na Suburbana, lendo sobre futebol e fazendo cursos em 2014 no Sindicato dos Treinadores de Futebol do Estado de São Paulo (Sitrefesp) e na Universidade de São Paulo (USP), onde foi aluno do ex-treinador da seleção brasileira Carlos Alberto Parreira. Primo começou como auxiliar em 2006 e depois treinador em 2014 no Barça Xaxim, clube não federado, conquistando títulos. Em 2017 veio a chance de estrear em competições federadas no Palmeirinha. Após duas temporadas, terá a chance de treinar o Urano, clube do bairro em que cresceu e passou boa parte de sua vida.

1 – Como enxerga este novo desafio no Urano, um clube que estava acostumado à Série A, disputava títulos, e tenta se reerguer?

Morei próximo do campo e estudei ao lado do Urano. Por anos acompanhei os jogos como um torcedor do Azulão. Primeiro estou muito feliz de ter a oportunidade de estar no comando técnico deste clube com grande história no amador. Será um ano de muito trabalho e dedicação, com o objetivo de proporcionar uma equipe extremamente competitiva e com condições de disputar e estar nas primeiras posições dos campeonatos que disputaremos, Copinha e a Série B.

2 – O que os dois anos no Palmeirinha te ensinaram nesta nova missão?

Adquiri experiência no amador a frente de um time muito forte e disciplinado. Levo para este novo desafio um modelo de trabalho com base em planejamento de acordo com as ferramentas disponíveis e, principalmente, trabalhar muito para ter um ambiente produtivo e agradável, para que os atletas se sintam bem e possam apresentar uma performance de alto nível físico e técnico.

3 – Já tem alguma ideia de que característica poderemos ter certeza de encontrar na nova equipe que o Urano está montando?

Fizemos o planejamento para 2019 junto o presidente Cristiano [Bassoli], diretores e a equipe técnica, (Alex Cordeiro, Volnei e Gonzaga). Estamos na fase de montagem do elenco. O Urano vem com uma renovação de aproximadamente 80% de seus atletas em relação ao ano anterior. Faremos uma equipe com muitos atletas jovens, mesclando jogadores experientes no amador. Também faremos muitas ações para atrair bons públicos para o Manecão [Manoel Garcia de Andrade, estádio do Urano].

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: