Ranking Futebol Metrópole da Suburbana: Iguaçu assume a ponta após Taça Paraná

Dois títulos em pouco mais de 6 meses deram a liderança ao Iguaçu com uma boa margem para o Trieste, segundo colocado e antigo líder

Após um semestre de competições, o Ranking Futebol Metrópole da Suburbana chega a mais uma atualização, a segunda. Com ela, um novo líder, o Iguaçu, que conquistou no último sábado a Taça Paraná, competição com Peso 1, sem ter nenhum ponto a defender. Assim, o Galo da Colônia ultrapassou o Trieste, antigo líder, equipe que não jogou nenhuma competição no semestre e nem defendeu pontos (manteve os 182,16), e chegou a impressionantes 208 pontos, uma dianteira de 25,84. É a maior diferença entre dois times consecutivos no Ranking.

Na Suburbana Série A que começa em julho, o Iguaçu defenderá no Adulto os pontos do vice-campeonato de 2015, enquanto que os títulos de 2016 e 2017 perderão peso na lista. Será que alguém poderá ameaçar a hegemonia alvinegra?

O que entrou e o que saiu?

Nesta nova atualização do Ranking, os resultados do primeiro semestre de 2015 deixaram de contar. Isto significa que os pontos da Taça Paraná e da Copa de Futebol Amador daquele ano não aparecem mais na tabela. Ao mesmo tempo, as edições de 2016 e 2017 perderam peso, ganhando multiplicador de 0,6 e 0,8 respectivamente, lembrando que a Taça Paraná tem peso 1 e a Copa de Futebol Amador da Capital tem peso 0,8. Neste post, explicamos como funciona o Ranking Futebol Metrópole da Suburbana.

Bangu e Imperial subiram mais posições

Os times que mais galgaram posições na nova atualização foram Bangu e Imperial. O Rolo Compressor, bicampeão da Copa de Futebol Amador da Capital subiu quatro posições e é agora o quarto colocado com 155,54, seguindo de perto o terceiro colocado Novo Mundo (161,72), e vendo logo atrás o Vila Sandra 148,18), que manteve a quinta colocação.

Um tanto mais abaixo, o Imperial, vice da mesma competição, também subiu quatro posições. O Tricolor do Mossunguê era 17.º e agora é o 13.º com 107,42 pontos. Com quatro equipes, a zona situada entre os 100 e os 110 pontos é a mais disputada do Ranking: o 12.º Vila Fanny (108.04), o 14.º Nacional (104,16) e o 15.º Grêmio Ipiranga (100,62) completam o grupo.

Não disputar competições no primeiro semestre afeta bastante a pontuação. Assim, Operário Pilarzinho e União Ahu caíram três posições cada e são as equipes que mais perderam lugares nesta atualização. Agora, o Operário Pilarzinho é o 16.º com 98,36 pontos e o União Ahu é o 23.º com 63,06.

E o Ranking?

Está aqui: o número após os pontos é o número de posições ganhas ou perdidas. Em caso de manter a posição, o sinal é de =.

Confira a planilha com os pontos aqui

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: