Santa Quitéria e Trieste ficam no empate e frustram ascensão

Resultado foi ruim para ambos, pois o Trieste perdeu a chance de grudar na liderança e o Santa Quitéria de se aproximar da zona de classificação

Santa Quitéria e Trieste se enfrentaram neste sábado (15) no Estádio Maurício Fruet pela 7.ª Rodada da Suburbana. O público que veio em bom número ao estádio e se apertou na área coberta viu uma boa partida, mas nenhum gol. O placar de 0 a 0 foi ruim para ambos, pois o Trieste perdeu a chance de se igualar ao líder Iguaçu na ponta da classificação e o Santa Quitéria perdeu a chance de se igualar em pontos ao Imperial, oitavo colocado. Sendo assim, o Tricolor é o terceiro colocado com 13 pontos e o auriverde é o décimo com 7 pontos.

“Foi importantíssimo. Sabemos da força do Quitéria dentro. Pensamos em jogar para vencer. Pelas condições do clima, do campo e do adversário, acho que valeu o ponto conquistado”, disse o goleiro Juninho do Trieste. “Nosso time há bastantes a jogos a bola não tem entrado. Precisamos ganhar logo para sair dessa situação. Só temos uma vitória e precisamos logo”, disse o zagueiro Baloy do Santa Quitéria.

Na próxima rodada, no próximo sábado (22), o Santa Quitéria recebe o Fortaleza no Maurício Fruet. O Trieste recebe o Uberlândia no Francisco Muraro. Os juvenis entram em campo às 13h30 e os adultos às 15h30.

O jogo

O Trieste entrou com um esquema de três zagueiros. Com isso, o Santa Quitéria ganhou o meio de campo na mesma etapa e levava vantagem principalmente na dobradinha pela esquerda formada por Adriano Chuva e Pequi. Chovia intensamente e o jogo favorecia bola longa.

Ainda na primeira etapa, o Quitéria teve direito de reclamar de um possível pênalti de Raul em cima de Adriano Chuva. O árbitro mandou seguir. Ainda teve um gol bem anulado de Hudson, que desviou sem necessidade a cabeçada de Pequi para o gol estando impedido.

Na segunda etapa, Ivo Petry colocou Marquinhos Lima no meio de campo e corrigiu posicionamentos. Com isso, o Trieste conseguiu ser mais criativo e ter alguma iniciativa do jogo, parando em uma defesa bem postada do time do Santa Quitéria.

O time da casa pecou muito nas finalizações. E quando a bola ia em direção ao gol, o goleiro Juninho mostrou estar em grande forma. Quando entrou novamente, com Danilo após cabeçada de Baloy, o impedimento foi marcado. A partida terminou com arco-íris no céu e placar zerado.

Nos juvenis, Trieste goleia

Jogadores do Trieste comemoram gol de Sasha, o terceiro na goleada sobre o Santa Quitéria

Nos juvenis, o Trieste não tomou conhecimento do Santa Quitéria e goleou por 5 a 0, mantendo a liderança agora com 18 pontos e praticamente classificado para o mata-mata. O Santa Quitéria é o décimo com 6 pontos.

Num chute de longe aos 27 do primeiro tempo, Jean abriu o placar para o time visitante. Na segunda etapa, aos 14 minutos, o mesmo Jean bateu forte e contou com uma falha do goleiro Victor, que vinha em boa atuação.

O gol abalou o time do Santa Quitéria, que tomou o terceiro após boa jogada concluída por Sasha aos 22 minutos. Aos 34, foi a vez de Henrique Cabeção aumentar. Aos 36 minutos, Vitor fechou a goleada em 5 a 0.

Ficha Técnica:

Santa Quitéria 0 x 0 Trieste

Estádio Maurício Fruet, Santa Quitéria, Curitiba

Santa Quitéria: Jonas; Arílton, Carlinhos, Baloy e Adriano Chuva; Hudson, Marcelo e Altair (Pablo); Danilo, Marcelo Tamandaré (Natan) e Pequi (Luan). Técnico: Juninho.

Trieste: Juninho; Murilo, Muriel (Edson Grilo) e Linno; Raul (Evandro), Rodrigo Mancha, Repolho, Luiz Camargo (Marquinhos Lima) e Marabá; Marcelo (Tiquinho) e Eduardo Salles (Thiago Araújo). Técnico: Ivo Petry.

Arbitragem: Murilo Ugolini Klein, André Luiz Severo, Sérgio Henrique Monteiro Góes.

Cartões Amarelos: Jonas, Hudson (SQT); Juninho, Repolho, Marcelo (TRI).

Confira imagens das partidas:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: