Santíssima Trindade e Fortaleza empatam em duelo emocionante

Empate entre Santíssima Trindade e Fortaleza foi um bom jogo para ser assistido, mas resultado tirou mandantes da liderança e afastou visitantes do G8
Empate entre Santíssima Trindade e Fortaleza foi um bom jogo para ser assistido, mas resultado tirou mandantes da liderança e afastou visitantes do G8

Num jogo em que os dois times buscaram o gol na maior parte do tempo, na tarde deste sábado (17), no Parque Linear, Santíssima Trindade e Fortaleza empataram por 2 a 2. Os gols do Santíssima Trindade foram marcados por Robson e Hassan, enquanto Piuí e Michel marcaram para o Fortaleza.

Se o jogo pode ser elogiado por quem assistiu, os efeitos do resultados não foram dos melhores para as equipes. O empate fez o Santíssima Trindade se manter como o único invicto da Série B da Suburbana, graças a um gol aos 41 minutos do segundo tempo, chegando aos 21 pontos, mas o retirou da liderança, sendo ultrapassado pelo Vila Sandra, que tem 22 e estando atrás do Palmeirinha no número de vitórias. O Fortaleza, que entrou na rodada distante apenas dois pontos do G8, viu a diferença aumentar para quatro pontos. O time do Jardim Gabineto tem agora sete pontos e é o 11.º na tábua de classificação.

Autor do gol decisivo da partida, Hassan, que é uma espécie de 12.º jogador do técnico Jean Pierre, ressaltou a força do adversário. “Foi um jogo difícil e sabíamos da dificuldade da partida. Time deles vem de maus resultados, mas é uma equipe muito forte. Joguei com alguns deles. Felizmente tive a oportunidade de fazer um gol e manter a equipe invicta. A gente está aqui para ajudar o grupo no que precisar aqui. Não foi uma bela partida nossa, mas o que importou foi a raça”, analisou o camisa 13, que na temporada atuou até de goleiro quando foi necessário.

“Na verdade, estamos numa fase muito difícil em que as coisas não vem dando muito certo. Os caras chegam e nos matam. Fui abençoado com um gol e precisamos trabalhar para as coisas boas poderem acontecer. Está faltando um pouco de sorte, o time tem tido raça, mas a pressão da torcida e dentro do campo vem atrapalhando um pouquinho na  hora da conclusão. Tivemos chances de matar o jogo e não concluímos, aí tomamos o empate”, disse Michel, autor do segundo gol do Fortaleza.

A próxima rodada é no próximo sábado, dia 24. Os juvenis entram em campo às 13h30 e os adultos às 15h30. O Santíssima Trindade enfrenta o sétimo colocado, Grêmio Ipiranga, no Elba de Pádua Lima. O Fortaleza recebe o lanterna Diamante no Antonio Monteiro Sobrinho.

O jogo

A partida começou com o Santíssima Trindade tentando impor seu jogo de toque de bola e o Fortaleza pecando na armação pelo meio, mas levando muito perigo nas estocadas do veloz lateral-direito Piuí (que boa parte da partida foi um atacante). Apenas 20 minutos bastaram para o técnico Gilmar Assunção, irritado, sacasse o camisa 10 Roberto e colocasse Michel.

Com 21 minutos, o Santíssima Trindade saiu na frente em jogada de bola parada que gerou um bate e rebate e a conclusão de Robson.

A resposta do Fortaleza não demorou. Piuí apareceu como elemento surpresa na área aos 27 minutos, girou e bateu como um centroavante. O goleiro Hyuri chegou a tocar na bola, mas não conseguiu evitar o gol.

O jogo então tornou-se disputado no meio com Baiano e Leandro sendo as principais válvulas do Trindade e Piuí e Fernandão aparecendo mais pelo time do Fortal.

Para o segundo tempo, o técnico Jean Pierre perdeu Fumaça lesionado e botou mais força física no ataque com Fernando. O jogo manteve-se equilibrado.

Aos 18 minutos, no entanto, veio a virada do Fortaleza, com Michel aproveitando cruzamento de peixinho. O gol foi bastante comemorado pelo banco do time do Gabineto, ainda mais que havia a reclamação expressa do técnico pelo fato da equipe não ter marcado um gol de cabeça sequer na competição e ele finalmente veio.

Aos 19 minutos, entrou em campo Hassan, desta vez revezando com Luciano, que entrou ao mesmo tempo, entre a lateral-esquerda e a quarta zaga.

O jogo poderia ter sido decidido por Piuí aos 30 minutos, quando o ala atravessou parte do campo fazendo fila, cortou para dentro e chutou. A zaga desviou e evitou o terceiro gol do Fortaleza.

Então, o Santíssima Trindade partiu para a blitz, pressionando o Fortaleza, que passou a ter dificuldades de sair de seu campo defensivo. O empate salvador saiu aos 41 minutos, em falta cobrada da direita que encontrou Hassan livre para cabecear e ir para a comemoração.

Nos juvenis, Trindade vence por 2 a 1

Na preliminar de juvenis, o Santíssima Trindade bateu o Fortaleza por 2 a 1 e chegou aos 19 pontos, o que corresponde à terceira posição. O Fortaleza parou nos sete pontos e é o 11.º.

Nicolas foi o nome do jogo. O centroavante do Trindade marcou aos 6 minutos do primeiro tempo e depois no primeiro minuto da etapa final. Thiaguinho descontou para o Fortaleza aos 31 minutos da etapa final.

Ficha Técnica:

Santíssima Trindade 2 x 2 Fortaleza

Santíssima Trindade: Hyuri; Baiano, Dio, Kuim e Robson (Luciano); Marcão, Du (Hassan), Fumaça (Camilo) e Rodolfo; Tom (Fernando) e Leandro (Wesley), Técnico: Jean Pierre.

Fortaleza: Paulo; Piuí, Testa, Gustavo e Douglas; Neguinho, Cairo (Greg), William Manfron e Roberto (Michel); Fernandão e Hítalo. Técnico: Gilmar Assunção.

Arbitragem: Thiago Coltre Nogueira. Alexandro Euzébio da Silva e Daniel Olívio Tschöke.

Gols: Robson (STR, aos 21’/1.º), Piuí (FOR, aos 27’/1.º), Michel (FOR, aos 19’/2.º), Hassan (STR, 41’/2.º).

Cartões Amarelos: Dio, Kuim, Camilo (STR); Testa, Cairo, William Manfron, Fernandão, Michel (FOR).

Confira imagens das partidas:

Este slideshow necessita de JavaScript.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: