Urano é mais uma ausência confirmada na Suburbana 2016

O Urano teve sua inscrição negada pela Federação Paranaense de Futebol, que alega atraso em alvará: clube nega irregularidade, mas anunciou que não tentará participar da competição deste ano
O Urano teve sua inscrição negada pela Federação Paranaense de Futebol, que alega atraso em alvará: clube nega irregularidade, mas anunciou que não tentará participar da competição deste ano via tapetão

A Suburbana de 2016 tem mais uma baixa importante. O Urano, três vezes campeão da Série A e uma da Série B, e que chegou a ter uma hegemonia no final da década passada, teve a inscrição negada pela Federação Paranaense de Futebol (FPF) no dia do arbitral, realizado nesta quarta-feira (1.º). A entidade alegou que o Azulão da Vila São Pedro teria atrasado o pagamento do alvará anual, o que é negado pela diretoria, que afirmou estar em dia com todas as obrigações com a FPF e o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD).

No entanto, o clube decidiu não recorrer aos tribunais e anunciou em seu perfil oficial que não disputará a competição nesta temporada o que significa que não recorrerá ao TJD. “Hoje, 02 de Junho de 2016, com profunda tristeza, comunicamos que essa historia terá uma pequena pausa, comunicamos que a Associação Clube Esportivo Urano não participará do campeonato amador no ano de 2016. Por um erro administrativo (não nosso) e aviso tardio, nos foi tirado o direito de participar do campeonato. Estaremos no nosso estádio, esclarecendo qualquer duvida, nos procure a quem interessar”, afirmou o clube em nota, em que agradece o apoio de sua comunidade, torcedores, sócios e patrocinadores nos 22 anos ininterruptos em que participou dos campeonatos federados. Em seu retorno, o Urano terá de começar novamente da Série B.

Esta foi a segunda baixa da Série A da Suburbana nesta temporada. A primeira foi o campeão da Série B, Combate Barreirinha, também tradicional, que alegou inviabilidade financeira e pediu licença das competições por um ano.

Arbitral define nova fórmula de disputa

Santa Quitéria defenderá o título de 2015
Santa Quitéria defenderá o título de 2015

Com a ausência do Urano, o Capão Raso, quarto colocado da última Série B foi promovido à elite, somando doze times: Santa Quitéria, Iguaçu, Trieste, Vila Fanny, Renovicente, Operário Pilarzinho, Nova Orleans, Novo Mundo, Nacional e os promovidos Uberlândia, Imperial e Capão Raso.

A essência do regulamento foi alterada. Se ano passado todos enfrentavam todos em turno único e havia uma divisão em grupos para classificação e uma chave geral para o rebaixamento, a coisa neste estágio foi simplificada, com uma classificação só, classificando os oito primeiros e rebaixando os dois últimos. Nos anos anteriores, havia dois grupos com quatro na segunda fase com turno e returno. Agora, teremos mata-mata até a decisão. A competição encolheu em número de datas: de 19 ou 20 (se houvesse necessidade de terceiro jogo na final) para 17.

Os juvenis, que fazem as preliminares seguem acompanhando os adultos quando possível no chaveamento. A rodada inicial está marcada para o dia 16 de julho.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: