Vila Sandra e Bangu vencem em rodada dupla e briga pela Copinha esquenta

Vitórias de Vila Sandra sobre Urano (à esquerda) e de Bangu sobre Palmeirinha (à direita) polarizam disputa pelo título da Copa de Futebol Amador da Capital

A primeira (e única) rodada dupla da Copa de Futebol Amador da Capital 2018, que surgiu pela única coincidência de mandos de Urano e Bangu, terminou com um novo líder e novo vice-líder. As vitórias de Bangu e Vila Sandra neste sábado (9) no Manoel Garcia de Andrade levaram as equipes a este novo patamar, jogando o Palmeirinha para a terceira colocação.

Na preliminar, o Vila Sandra bateu o Urano por 3 a 1. No jogo de fundo, o Bangu venceu o Palmeirinha por 2 a 0. O Bangu retomou a liderança e derrubou o último invicto. O Rolo Compressor do Santo Inácio tem 22 pontos. O Vila Sandra é o novo vice-líder com 20 pontos e supera o agora terceiro colocado Palmeirinha pelo saldo de gols. Já o Urano, que entrou em campo fora da briga, manteve-se em décimo com 7 pontos. A competição tem ainda três rodadas por jogar.

Os times voltam a campo no próximo sábado (16) às 15h30. Vila Sandra e Bangu fazem duelo direto no Ozório Claudino de Barros. O Palmeirinha recebe o Uberlândia no Elba de Pádua Lima. O Urano recebe o Grêmio Ipiranga no Manoel Garcia de Andrade.

Preliminar teve golaços e muito contato

Jogadores do Vila Sandra comemoram o belo gol marcado por Caíque (10)

Na primeira partida da tarde, o Vila Sandra bateu  o Urano por 3 a 1, num duelo de pelo menos dois belos gols. Caíque, este um belo gol, Bambu e Bruno França marcaram para o Alvinegro. Rafael, numa finalização de muita classe, fez o gol do Azulão. A partida foi bastante pegada, com dez cartões amarelos e um vermelho.

“Pude dar à equipe mais um gol. Bom domínio de bola, bati na gaveta. Jogo pegado, bastante intenso. Acabamos cedendo, tivemos falhas, não deu. Agora nos preparar para jogar a sequência da competição”, disse Rafael do Urano. “Entrei, pude ajudar equipe. Estava bem em campo, pude colaborar com ela, só manti o ritmo e ajudei com o gol”, disse Bruno França do Vila Sandra.

Testando peças, o Urano teve um bom começo, dando trabalho ao goleiro Ari. No entanto, havia espaço no lado direito da defesa. Foi por ali que o Vila Sandra cresceu e começou a ganhar o jogo.

Aos 18 minutos, Caíque recebeu cobrança de lateral e foi carregando até finalizar com extrema categoria na gaveta do jovem goleiro Matheus Botassari.

O empate do Urano veio aos 25 minutos em alto estilo. A bola sobrou alta na diagonal esquerda para Rafael. O volante improvisado de zagueiro matou no peito e, sem deixar a bola cair, emendou uma forte finalização na gaveta de Ari.

A igualdade não durou muito. Bambu recebeu na frente aos 34 minutos e bateu firme para colocar o Vila Sandra na frente novamente.

Na segunda etapa, Maranhão reestreou pelo Vila Sandra e deu muito trabalho pela ponta-esquerda, chegando a quase marcar de bicicleta.

Mas o gol que fechou o placar veio em uma bola aos 26 minutos que sobrou para Bruno França concluir. Ainda deu tempo para Caíque ser expulso aos 44 minutos por reclamação.

Bangu reassume a ponta em confronto direto

Jogadores do Bangu comemoram o primeiro gol da partida, contra de Mucilon após cruzamento de Adriano Sagui

No jogo de fundo, o Bangu reassumiu a ponta ao bater o então líder Palmeirinha por 2 a 0. Mucilon, contra, e Geovane, fizeram os gols do Rolo Compressor.

“Partida boa, conquistamos os três pontos e voltamos a ser líder. Agora é pegar o Vila Sandra para ir atrás do caneco”, disse Geovane do Bangu.

“Foi um jogo difícil, sabíamos disse. Tomamos gols em duas falhas, mas não está perdido. Vamos atrás até o fim, pois somos um time guerreiro”, afirmou Carlão, capitão do Palmeirinha.

Mais focado na criação, o Bangu saiu na frente aos 16 minutos em uma jogada vinda do lado esquerdo. Adriano Sagui chegou na ponta e cruzou baixo. Mucilon tentou tirar e mandou contra o patrimônio.

O goleiro Anderson teve boa atuação pelo Palmeirinha, enquanto que a marcação alta do Bangu dificultou que a bola chegasse mais redonda aos atacantes do time do Tatuquara.

No segundo tempo, com a noite caindo e a iluminação sendo ligada, o jogo caiu de ritmo, com muitos passes errados e lançamentos equivocados. Geovane quase chegou ao gol duas vezes na bola parada. Na primeira, quase do meio-campo, obrigou Anderson a uma grande defesa. Na segunda, a bola passou um palmo acima da trave.

Aos 49 minutos, perto do apito final, quando estava pronto para ser substituído naquela famosa substituição para matar o tempo, Geovane matou a partida. Adriano Sagui, em grande atuação, bateu forte e o goleiro Anderson deu rebote. O camisa 11 teve sagacidade e frieza para tirar do goleiro e ficar com o gol aberto para marcar.

Ficha Técnica:

Rodada dupla no Manoel Garcia de Andrade, Vila São Pedro, Xaxim, Curitiba

Urano 1 x 3 Vila Sandra

Urano: Matheus Botassari; Diego, Kevin, Rafael e Júnior (Ligeirinho); Gleisson (Massa), Boiadeiro, Giovanny Amaral (Giovani) e DVD (Adriano Marmita); Beá (Ricardinho) e Pelé. Técnico: Cristiano Bassoli.

Vila Sandra: Ari; Robinho, Thiago Maciel (Pastor Serafim), Dio e Adson; Mineiro, Wesllem Pelé, Sabonete (Bruno França) e Caíque; Bambu (Dennis) e Djonatan (Maranhão). Técnico: Marcos Franco.

Arbitragem: Cristiano Antônio Teixeira, Eduardo Luis Teixeira Furiatti, João Cléber Cecatto Wagner.

Gols: Caíque (UVS, aos 18’/1.º), Rafael (URA, aos 25’/1.º), Bambu (UVS, aos 34’/1.º), Bruno França (UVS, aos 26’/2.º).

Cartões Amarelos: Kevin, Gleisson, Rafael, Beá (URA); Wesllem Pelé, Caíque, Djonatan, Sabonete, Dennis, Maranhão (UVS).

Cartão Vermelho: Caíque (UVS, aos 44’/2.º, dupla advertência, reclamação).

Bangu 2 x 0 Palmeirinha

Bangu: Ricardo; Rafa (Halyson), Paulo Sérgio, Bruno e Léo; Diego, Hantson e Geovane e Joãozinho (Piotto); Alysson Neguinho (Adriano Gloneke) e Adriano Sagui. Técnico: Jeferson Silveira.

Palmeirinha: Anderson; Lincoln, Mucilon (Marquinhos) e Alex; Mazinho (Valdecir), Carlão, Celo (Herik), Maninho (Son) e Du; Dolinha e Thiagão (Guilherme). Técnico: Wagner Primo.

Arbitragem: Thiago Mendes Moreira, Remy Neves Stephan Moro, Nycollas Fabrício dos Santos.

Gols: Mucilon (contra, a favor do BAN, aos 16’/1.º), Giovane (BAN, aos 49’/2.º).

Cartões Amarelos: Adriano Sagui (BAN); Alex, Mazinho (PGG).

Confira imagens das partidas:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: