Nasce o Ranking Futebol Metrópole da Suburbana

Esta partida entre Urano e Vila Hauer pela Suburbana B Juvenil do ano passado terminou 0 a 0 e rendeu, na prática, 0,7 pontos para ambas as equipes. Entenda como no texto abaixo:

Temos novidade no futebol amador de Curitiba. É o Ranking Futebol Metrópole da Suburbana. O ranking mostrará uma perspectiva do desempenho das equipes que disputam a Suburbana A e B nas categorias Adulta e Juvenil, a Copa de Futebol Amador da Capital e os curitibanos da Taça Paraná.

Não é um ranking histórico e o recorte será sempre as últimas três edições de cada competição disputada com pesos diferentes por competição e por ano de disputa.

Como funciona o Ranking Futebol Metrópole da Suburbana?

1- Cada participação em competições vale três pontos.

Esta medida visa favorecer quem toma lugar em mais competições. Se não marcar nenhum ponto na competição, fica com três pontos somados.

2- Os pontos conquistados na competição são computados.

Cada jogo, além de contar para a competição, conta para o ranking. Então, o segredo do clube ficar bem ranqueado, a grosso modo, é: jogar o máximo de competições possíveis e ter o melhor aproveitamento possível, mas…

3- Há bonificação por posição final, sendo 10 pontos para campeão, 7 pontos para vice, 5 para terceiro colocado e 3 para quarto colocado.

Esta regra visa premiar a classificação da equipe e diminui a distorção do campeão nem sempre ser o clube que mais pontuou a competição inteira (algo bem comum em campeonatos com muitas fases). Mesmo assim, o campeão, mesmo com bônus, pode não ser o maior pontuador daquela competição no ranking.

Resumindo os três primeiros itens, a pontuação bruta por competição é a soma da participação (3) com os pontos conquistados e a bonificação caso fique entre os quatro primeiros. Note que competições mais longas tendem a gerar mais pontos brutos. 

4- Em caso de um clube obter pontuação negativa na competição por punição, conta como 0 pontos além dos três dados pela participação. Se um clube for desclassificado segundo as regras da FPF e tem seus jogos apagados da tabela, não pontua:

Esta medida foi decidida por termos histórico expressivo de times com pontuação negativa por punições por escalações irregulares. Sendo assim, a pontuação da equipe conta apenas os três pontos da participação. Já a desclassificação/desistência, tivemos casos no período abrangido, conta como não participação.

5- As seguintes competições contam pontos com os seguintes pesos:

Decidimos por dar pesos diferentes para competições diferentes baseados no nível de competitividade e importância, além de diferenciar as categorias. O peso é um multiplicador aplicado à pontuação bruta.

a) Taça Paraná: 1

Por ser considerado o Estadual da categoria, tem o peso máximo, mesmo que tenha poucos clubes participando.

b) Copa de Futebol Amador da Capital: 0,8

Por mesclar clubes de Série A e Série B e não ser obrigatória a participação, além de ser encarada como preparatória, tem o peso 0,8.

c) Suburbana Série A – Adultos: 1

A principal competição municipal em sua categoria Adulta também recebe o peso máximo.

d) Suburbana Série A – Juvenis: 0,8

Por ser uma competição de base, com o nível podendo oscilar bastante entre as equipes, recebeu 0,8

e) Suburbana Série B – Adultos: 0,8

A Segundona recebe 0,8 para se diferenciar da elite e também pela disparidade usual entre o topo e a base da tabela.

f) Suburbana Série B – Juvenis: 0,7

A Juvenil da B é a base da B, obviamente, mesmo com algumas equipes que brigariam por título no Juvenil A, tem o peso 0,7

6- Junto a esses pesos há o peso do tempo:

Sim, quanto mais recente, maior o peso da competição, premiando o desempenho mais recente.

a) Última edição realizada: 1

b) Penúltima divisão realizada: 0,8

c) Antepenúltima divisão realizada: 0,6

7- Edições anteriores à antepenúltima deixam de contar pontos.

Por não ser um ranking histórico, por exemplo, na atualização da metade do ano, os pontos da Taça Paraná e da Copa de Futebol Amador que serão iniciadas em abril serão contabilizadas. Assim, as Taças Paraná e Copas de Futebol Amador de 2016 e 2017 diminuem de valor e as edições de 2015 destas competições caem do ranking. Sendo assim, a grosso modo, como fazem os tenistas, as equipes, de algum modo, defendem os pontos conquistados nos anos anteriores, podendo aumentar e diminuir de pontuação a cada atualização, seja pela pontuação, pela depreciação da pontuação pelo tempo ou pelo efeito de caducarem os pontos da edição mais antiga. 

8- Apenas clubes amadores federados em Curitiba são contabilizados neste ranking.

Por uma questão de escopo e por ser o nosso foco de cobertura. Foram catalogados 35 clubes. O Desportivo Paranaense, que estreará na Suburbana B no meio do ano, será o 36.º clube e aparecerá na atualização de fim de ano apenas, assim como possíveis novos clubes que podem por ventura voltar sem jogar pelo menos desde 2015.

9- REGRA ADICIONADA EM DEZEMBRO DE 2018 – Equipe zerada (sem pontos) deixa de constar na lista do Ranking se não pontuar. Ela será recolocada quando voltar a disputar competições.

Esta é apenas uma questão prática: há equipes inativas e, não retirá-las depois de 3 anos e meio, quando zeram os pontos, acaba por lotar a lista com times zerados no fundo, o que dificulta a leitura e até o real posicionamento.

Quando teremos atualizações?

O Ranking Futebol Metrópole da Suburbana terá sua primeira atualização publicada na próxima semana. Depois disso, a próxima atualização será em julho, após o término das competições do primeiro semestre. A atualização seguinte será no fim do ano, após as quatro competições sob o nome de Suburbana (A e B, e suas respectivas categorias Adultas e Juvenis).

*  *  *

Patrocínio e naming rights

O Ranking Futebol Metrópole da Suburbana aceita propostas de naming rights. O montante arrecadado será usado para custear as atividades do site e parte dele virará uma placa de premiação ao clube que encerrar o ano na primeira colocação. Além disso, o nome do ranking passará a ser Ranking Nome do Patrocinador/Futebol Metrópole da Suburbana. O contrato vale por esta temporada e estamos abertos a propostas pelo e-mail contato (at) futebolmetropole.com.br (digitamos o endereço deste jeito para evitar cair em spam, mas é só juntar os espaços e trocar o (at) pela arroba. A marca da empresa será divulgada no nome do ranking, que será citado em nosso material pré-jogo e na placa.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: