Após quatro gols sobre o Diamante, Monstrinho do Olímpico pede música

Na véspera de completar 23 anos, Monstrinho foi o destaque do Olímpico na vitória sobre o Diamante
Na véspera de completar 23 anos, Monstrinho foi o destaque do Olímpico na vitória sobre o Diamante

Se muitos acreditam em inferno astral, o atacante Monstrinho, do Olímpico, tratou de chutá-lo para longe poucas horas antes de seu 23.º aniversário. Os quatro gols e as duas assistências na vitória sobre o Diamante por 6 a 1  na quarta-feira (14) colocou a equipe do camisa 11 na oitava colocação com chances de classificação e transformou o atleta no artilheiro de sua equipe na competição, agora com cinco pontos. Como alcançou a marca  de três gols numa mesma partida, Monstrinho ganhou o direito de pedir uma música no Futebol Metrópole, honra que coube antes a Alex Pinhais pelos três gols na decisão da Série B do ano passado pelo Combate Barreirinha num eletrizante empate por 3 a 3 contra o Uberlândia.

Mas antes de pedir a canção, o atacante explicou o apelido. “É que eu aprontava muito desde criança lá onde cresci, além dessa lata não ajudar muito”, respondeu logo após a partida. E o pedido: “Quero ‘Puxa, agarra e beija’ da Turma do Pagode”.

Sendo assim, segue o pedido do Monstrinho:

About the author

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: