Pílulas da Suburbana (XXIII)

Time do Iguaçu na partida contra o Uberlândia. Equipe tem pelo menos dois atletas a registrar

Quem vai ficar com Hideo?

Na semana que passou, o meia Hideo, destaque da Suburbana do ano passado pelo Iguaçu, foi dispensado pela equipe. A notícia, surpreendente, levanta um bom mistério: qual será o destino do Japonês Voador. Os nomes mais fortes são o Santa Quitéria, que tem o técnico Juninho, que treinou Hideo nas duas últimas temporadas, e o Trieste, treinado por Ivo Petry, que também trabalhou com o atleta de 41 anos no passado. Aparentemente, salvo alguma surpresa, são as duas equipes com mais cacife para ter em suas fileiras o meia que passou brevemente no profissionalismo pelo Paraná Clube.

Dois a registrar

Contra o Uberlândia, o Iguaçu relacionou apenas 15 atletas, fruto de várias saídas após a Taça Paraná. Dois jogadores deverão estar na próxima rodada com condições. O primeiro é uma contratação midiática, no caso Pedro Oldoni, ex-Atlético. O segundo é John César, ex-Prudentópolis, Paysandu e Ponte Preta, entre outros.

E como foi o WO?

A primeira rodada da Série A teve um WO na categoria juvenil, como pôde conferir em nosso giro da rodada. E o que aconteceu? O time do Santa Quitéria não conseguiu chegar à tempo no campo do Nova Orleans, pois seu time de base, que vem de Paranaguá, numa parceria com uma empresa alimentícia com sede no Litoral, ficou parado no trânsito em seu périplo que chegaria, se completo, aos 115 km. A tendência é que o Santa Quitéria seja multado e o placar do jogo seja homologado com vitória do Nova Orleans por 3 a 0.

Caxias a postos (I)

Semifinalista na Série B passada, quando caiu nas semifinais para o Fortaleza, deixando escapar o acesso, o Caxias anunciou seu elenco para a temporada 2018. Cinco jogadores ainda podem reforçar a equipe, que tem os goleiros Nilis (ex-Vila Fanny) e Elegante, os zagueiros Willian Negão, Nortinho, Bruno e Thiago Ribas e os laterais Caveirinha, Caio (ex-Olímpico), Júnior e Alisson.

Caxias a postos (II)

Do meio para a frente, a equipe do bairro Boqueirão tem os volantes Henrique, Cesinha, Chiba e Paulista, os meias Felipinho (ex-Uberlândia) e Bruninho, além dos atacantes Carlos (ex-juvenil do Novo Mundo), Talles, Cesinha (ex-Palmeirinha), Wesley (ex-Santíssima Trindade) e Lipão. O técnico Fabinho foi mantido e tem como auxiliar Marcelo Magrão. O Caxias estreia na Série B no sábado, no João Santana da Silva, contra o Vasco. Equipe está no Grupo B.

Shabureya muda na casamata

Depois de uma Copa de Futebol Amador em que marcou apenas dois pontos, o Shabureya decidiu mudar no comando técnico. David Silva, que também é presidente do clube, deixou de acumular a função, que ficará a cargo de Raul Lennon. O novo técnico terá um elenco mais enxuto que os 40 jogadores testados na Copinha, pois 15 ficaram, e os reforços estão longe de serem midiáticos. A intenção do Shabu é ter um elenco mais maduro, com vários atletas rondando os 27 anos de idade. O Shabureya está no Grupo A e estreia na Série B no sábado contra o Tanguá no Francisco Thiago da Silva.

Giro pelos amistosos

Pelo menos dois amistosos foram disputados no sábado que passou. O Vila Hauer bateu o Nacional por 2 a 0. O Olímpico, por sua vez, desafiou o estreante Desportivo Paranaense e venceu por 5 a 3. O Vila Hauer, Desportivo e Olímpico estão no Grupo A. Na rodada de estreia da Série B, o Vila Hauer pega o Vila Sandra no Donato Gulin. O Olímpico enfrenta o Bangu na Arena Vermelha. O Desportivo Paranaense encara o Urano no Manoel Garcia de Andrade. O Nacional está no Grupo B e faz sua estreia contra o Grêmio Ipiranga no Elba de Pádua Lima.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: