#BrasileirãoFreak – 11/09

Passou feriado, passaram rodadas, passou a criatividade para fazer uma chamada diferente para o #BrasileirãoFreak. Sendo assim, apelamos para a metalinguagem, pois este é o espaço para uma dose de pedantismo camuflado de experimentalismo.

Série A

* Internacional e São Paulo seguem dentro da Média Inglesa.

* Internacional, Palmeiras, Cruzeiro e Santos não perderam nos últimos cinco jogos.

* Chapecoense e Paraná não venceram nos últimos cinco jogos.

* O Paraná precisa de dois pontos para deixar de ser a pior equipe da história dos pontos corridos.

* O Palmeiras está livre do rebaixamento.

* Com 12 gols, o artilheiro Gabriel Barbosa, do Santos, tem os mesmos gols de Tostão no Robertão de 1970.

* O Cruzeiro não chega mais na Média Inglesa em termos absolutos.

Régua dos Pontos

49 a 91: Internacional, São Paulo

46 a 88: Palmeiras

44 a  86 Flamengo

41 a 83: Atlético-MG, Grêmio

31 a 76: Santos

33 a 75: Cruzeiro

31 a 73: Fluminense

30 a 72: Corinthians, América-MG

27 a 72: Atlético-PR

29 a 71: Vitória

28 a 70: Bahia

24 a 69: Vasco

26 a 68: Botafogo

22 a 67: Chapecoense

24 a 66: Sport, Ceará

16 a 58: Paraná

Série B

* Ninguém está na Média Inglesa.

* O CSA está livre do rebaixamento.

* O Vila Nova é o único time sem derrotas nos últimos cinco jogos.

* O Juventude é o único time sem vitórias nos últimos cinco jogos.

* Com 11 gols, os artilheiros Dagoberto, Londrina, e Lucão, Goiás, estão com os mesmos gols de Jorge Mendonça, do Guarani de 1981, e de Baltazar, do Goiás, e Mário (você conhece?), do Juventude, de 1994.

* Guarani e Figueirense não alcançam mais a Média Inglesa em números absolutos.

Régua dos Pontos

47 a 83: Fortaleza

46 a 82: CSA

43 a 79: Atlético-GO

42 a 78: Goiás, Avaí

40 a 76: Vila Nova

38 a 74: Guarani, Figueirense

36 a 72: Coritiba

35 a 71: Ponte Preta

34 a 70: São Bento, Oeste

33 a 69: Londrina

32 a 68: Criciúma

29 a 65: CRB, Paysandu

28 a 64: Brasil de Pelotas, Juventude

24 a 60: Boa

22 a 58: Sampaio Corrêa

Freakadas Alheias

Use a tag #BrasileirãoFreak no Twitter e corra o risco de aparecer aqui. Nesta semana, ninguém teve a coragem de fazer isso.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: