Pílulas da Suburbana (XXXI)

Esta é a evolução dos escudos do Shabureya

A cara nova do Shabureya

O Shabureya é um clube jovem, tendo sido fundado em 2013 e disputando desde 2016 as competições federadas. Agora, em 2019, a equipe apresentou uma nova identidade visual com o objetivo de ressaltar a identidade do nome e a relação com uma história envolvendo um clã de guerreiros orientais.

Ruptura

Como você confere na imagem que abre este post, não é a primeira vez que o Shabureya muda de escudo, mas é de longe a mais radical de todas. Nas anteriores, foram pequenos ajustes. Em 2014, houve uma correção na caixa de texto. Em 2016, adicionou-se a cor laranja ao redor da parte interna da borda e simplificou-se algumas linhas. No entanto, na versão 2019 do Shabu, há o nome por extenso, o laranja é mais usado e as espadas e o capacete de guerreiros orientais é apresentado, casando com o diferente nome da equipe.

Diretoria nova no Combate Barreirinha

Assume nesta terça-feira (12) uma nova diretoria no Combate Barreirinha. Alvaro Cesar Winhaski é o novo presidente do tradicional clube e terá Alexandre Costa como vice-presidente.

Combate pode voltar

Licenciado desde 2015, quando venceu a Série B, o Combate Barreirinha tenta retornar. Para isso, terá de tentar refiliação. Um dos obstáculos tem sido a localização do Estádio Recanto Tricolor, que fica em Almirante Tamandaré. No entanto, um dos argumentos que o Tricolor da Barreirinha poderá usar a seu favor é o fato do Tanguá também estar com seu estádio na cidade vizinha, que não possui liga federada. Outro ponto pró-Combate é sua sede social ficar em Curitiba. Novos capítulos deverão acontecer nos próximos meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: