Olímpico e Bangu empatam e grupo B terá decisão na rodada final

Olímpico e Bangu tiveram chances claras de tirar o zero do placar, mas goleiros brilharam

Em partida disputada no EC Olímpico na tarde desta sábado (15), Olímpico e Bangu ficaram no 0 a 0. O jogo valeu pela penúltima rodada do Grupo B da 1.ª Fase Copa de Futebol Amador da Capital. Com o resultado, a definição das duas últimas vagas da chave ficou para a rodada decisiva, com a chave inteira, exceto os já classificados dois primeiros, na disputa. Isso inclui o Uberlândia, que folga na rodada e precisa torcer por resultados.

A próxima rodada a princípio está marcada para o dia 22, próximo sábado. São Braz, 13 pontos, e Palmeirinha, 10 pontos, estão classificados. O Olímpico (3.º, 7 pts), que pega o Shabureya  (5.º, 6 pts) fora de casa, provavelmente no Octávio Silvio Nicco, jogo a princípio marcado para as 13h30, joga por um empate, mas passa caso perca e o Bangu (6.º, 6 pts) não vença o Tanguá (7.º , 3 pts). O empate também classifica o Shabu, desde que o Bangu não vença o Tanguá. Bangu e Tanguá jogam às 15h30 a princípio no Manoel Garcia de Andrade. O Bangu precisa de uma vitória simples para se classificar. O Tanguá precisa vencer e torcer por vitória do Olímpico sobre o Shabureya. O Uberlândia (4.º, 6 pts), que folga na rodada, precisa torcer por vitória do Olímpico sobre o Shabureya e para o Tanguá vencer o Bangu por apenas um gol de diferença. Os jogos podem ser mudados de dia, hora e local pela FPF.

“Foi um jogo que tivemos superioridade e ficar mais tempo de posse de bola, goleiro deles foi muito bem, não só pelo pênalti e por outras defesas e ficamos preocupados com aquela última bola, de tanto bater e rebater, mas tive felicidade de fazer uma defesa e ajudar o Bangu nesta caminhada”, disse o goleiro Ricardo Albuquerque do Bangu. “Foi justo, tiveram um pouco a mais de oportunidades. No segundo tempo conseguimos nos recuperar. Esperei ele, queria chutar no canto, mas escorregou e bateu no meio”, disse o goleiro do Olímpico Rafael Talys, que defendeu pênalti batido por Coutinho.

O jogo

A partida no EC Olímpico foi de bastante contato físico, mas com pouco excesso de força. Sem seu lateral-direito Rafa Ribeiro, fora por compromissos pessoais, o Olímpico tentou uma estratégia com três zagueiros, porém os alas acabaram presos no campo defensivo devido à facilidade em abrir espaços pelo lado por parte do time do Bangu.

Na primeira etapa, Luizinho e Saulo eram as principais armas do Olímpico, enquanto que o Bangu tentava jogadas pelo meio e levava perigo nas bolas paradas. A chance mais clara da etapa foi com Adriano Gloneke de frente para o gol chutando por cima.

No segundo tempo, o Bangu passou a ter em Coutinho seu principal nome em escapadas principalmente pelo lado esquerdo do ataque. E foi por ali que o árbitro Kleber Ariel Gonçalves Silva marcou pênalti de Gutão ao tocar a mão na bola ao tentar tirar uma bola de Coutinho. No entanto, aos 6 minutos, Coutinho bateu e Rafael Talys fez a defesa. O goleiro do Olímpico fez pelo menos outras três defesas importantes na partida em lances de Coutinho, sendo fundamental para manter a meta intocada.

E também foi por pouco que o Olímpico não saiu com a vitória. Aos 46 minutos, após uma rebatida, Eduardo teve a chance de abrir o marcador e chutou alto e cruzado. Ricardo Albuquerque fez uma defesa impressionante no ângulo direito, garantindo o placar fechado.

Ficha Técnica:

Olímpico 0 x 0 Bangu

Esporte Clube Olímpico, Xaxim, Curitiba

Olímpico: Rafael Talys; Gutão (Jackson), Giovanni e Rodrigo; Gustavo (Eduardo), Café, Dudu (Monstrinho), Éverton (Renato), Luizinho (Vinícius) e Cassiano; Saulo. Técnico: Neri Santos.

Bangu: Ricardo Albuquerque; Willian Neguinho (Marcos Paulo), Paulo Sérgio, Bruno e Dedé (Leozinho); Diego, Valdir, Hantson e Joãozinho (Roberto); Coutinho e Adriano Gloneke. Técnico: Jeferson Silveira.

Arbitragem: Kleber Ariel Gonçalves Silva, Heitor Alex Eurich, Roberto Rivelino dos Santos Júnior.

Cartões Amarelos: Rodrigo, Cassiano (ECO).

Confira imagens da partida:

Este slideshow necessita de JavaScript.

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: